Mensagens Recentes

Páginas: [1] 2 3 ... 10
1
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Adriano Online Hoje às 22:55:40 »

Cara, não sei qual o seu grau de "ouvido", mas é possível perceber quando a corda chegou ao final... Enquanto você dá corda, o barulho é chiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiiiiii. Quando chega ao final, faz um cléc. E então volta ao chiiiiiiiiiiiii. O cléc é a brida deslizando no final e o chiiii é o normal

No dia-a-dia eu (e a maioria dos relojoeiros) uso o ouvido mesmo para checar se dei corda total. Mas nem todo relógio isso é audível, seja porque a caixa pode abafar, dependendo do tamanho, seja porque alguns tipos de mecanismo fazer menos esse barulho... O 2892 é um dos mais audíveis.

Máquinas japonesas normalmente são menos audíveis... Nem todo tambor tem aquelas fendas da parede interna (que é o que faz o barulho quando a brida desliza e passa por cima delas) e ainda por cima usam aquelas graxas grafitadas lazarentas em quantidades enormes.


Abs.,

Adriano
2
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Devenalme Sousa Online Hoje às 19:22:38 »

Cara, não sei qual o seu grau de "ouvido", mas é possível perceber quando a corda chegou ao final... Enquanto você dá corda, o barulho é chiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiiiiii. Quando chega ao final, faz um cléc. E então volta ao chiiiiiiiiiiiii. O cléc é a brida deslizando no final e o chiiii é o normal

Cara, toda vez que dou corda nos relógios,  lembro de vc por isso. Eu ri um bocado quando li isso a primeira vez. Eu já tentei, mas realmente não consigo ouvir o clec. Hehehe

PS: não tô duvidando. Só achei engraçado mesmo.
3
Fórum principal / Re:Novos Breitling Cosmonaute
« Última Mensagem: por benyvitz Online Hoje às 19:20:36 »
Destaque para o tamanho decente de 41mm e não as aberrações de 46mm.
4
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Devenalme Sousa Online Hoje às 19:19:54 »
Não tenho idéia de quantas voltas são suficientes. Isso muda muito de calibre para calibre. Na dúvida, mete umas 120, 150...

Abs.,

Adriano

Blza, mestre. Pod'eixar. Obrigado mais uma vez.
5
Fórum principal / Crítica do livro "Derek Pratt, Watchmaker"
« Última Mensagem: por flávio Online Hoje às 13:55:51 »
O livro é editado pelo BHI e vendido pelo seu site por cerca de 55 libras, entregue no Brasil. Sou daqueles que acredita que preço de livro nunca é "caro" se você vai efetivamente lê-lo, e este é o caso. Barato não é, pois nosso dinheiro não vale nada, mas não é algo fora da realidade. O livro tem cerca de 200 páginas, capa dura, papel em alta qualidade e contém TODOS os artigos que Derek Pratt publicou em vida no boletim do BHI. Coisas bem técnicas, sobretudo relacionadas a remontoires, uma especialidade dele, e sobre a confecção da réplica do h4 de Harrison que, salvo engano, hoje está na posse da Frodsham.

Eu curti muito o livro, o li num passo bem mais lento que o usual (demorei 4 meses para terminar), sobretudo porque estou com bebê em casa e era difícil arrumar tempo.

Alguns poderiam acreditar que, sendo um livro de artigos dele, faltam coisas SOBRE ele, mas não é o caso, visto que a obra também contém as palestras ocorridas em sua homenagem após a morte. Ou seja, o cara é relembrado também nestas passagens.

Eu sinceramente curti o livro e abriu minha cabeça para questões relativas a turbilhões e, sobretudo, remontoires.

Para quem é nerd e interessado em relojoaria raiz, definitivamente recomendo. Mas que fique claro, não é um livro para principiantes, o leitor tem que conhecer do riscado para pelo menos compreender o que ele quer dizer.

Flávio
6
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por flávio Online Hoje às 13:43:36 »
Perfeito,  Adriano.
Olhei o manual e tá lá "aproximadamente 70 horas".
De todo modo,  vou repetir o teste com mais critério.
Você acha que 80 voltas na coroa são suficientes? O cicloteste eu não tenho.
Vou testar somente a corda pela coroa, sem deixar o relógio no pulso depois.

Muito obrigado pela atenção.
Abraço


Cara, não sei qual o seu grau de "ouvido", mas é possível perceber quando a corda chegou ao final... Enquanto você dá corda, o barulho é chiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiii, chiiiiiiiiiiiii. Quando chega ao final, faz um cléc. E então volta ao chiiiiiiiiiiiii. O cléc é a brida deslizando no final e o chiiii é o normal
7
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Adriano Online Hoje às 10:13:12 »
A tempo: se o manual diz "aprox. 70 horas", então está tudo certo com 68 horas.

Abs.,

Adriano
8
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Adriano Online Hoje às 10:12:08 »
Não tenho idéia de quantas voltas são suficientes. Isso muda muito de calibre para calibre. Na dúvida, mete umas 120, 150...

Abs.,

Adriano
9
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Devenalme Sousa Online Ontem às 23:54:16 »
Perfeito,  Adriano.
Olhei o manual e tá lá "aproximadamente 70 horas".
De todo modo,  vou repetir o teste com mais critério.
Você acha que 80 voltas na coroa são suficientes? O cicloteste eu não tenho.
Vou testar somente a corda pela coroa, sem deixar o relógio no pulso depois.

Muito obrigado pela atenção.
Abraço
10
Fórum principal / Re:Seiko 6r35
« Última Mensagem: por Adriano Online Ontem às 20:15:27 »
Precisa ver exatamente o que diz o manual técnico. Os manuais técnicos da Seiko, que eu me lembre, costumam mencionar a reserva de marcha como "pelo menos X horas" ou "mínimo de X horas". Algumas marcas informam dessa maneira, outras informam como "aproximadamente X horas" ou "em média X horas".

Eu nunca vi o manual técnico da 6R35 para dizer, mas precisaria ver exatamente o que ele diz e fazer o teste de acordo. Mas se ele diz "em torno de 70 horas", então está normal. Se ele diz "no mínimo 70 horas", algo não está bom. Pois normalmente as reservas de marcha duram pelo menos 1h a 1h30 a mais que o mínimo. Se for esse o caso, repita o teste, de preferência com mais critério.

O teste deve ser feito carregando a corda totalmente pela coroa ou usando um cicloteste (não serve watchwinder). É preciso ter certeza de que a corda está cheia, e a partir daí iniciar a contagem com o relógio com mostrador para cima (boa parte das marcas pede que o teste seja feito nessa posição, enquanto outras não dizem nada).

O ideal, para um diagnóstico mais amplo, é carregar a corda rigorosamente com cicloteste conforme indicação de horas do fabricante (obviamente que só se aplica para automáticos). Pois se não atingir o mínimo, indica problema no carregamento da corda OU deficiência mecânica de qualquer espécie. Como saber se é um outro? Repetindo o teste mas aplicando corda total somente pela coroa e comparando os resultados, e assim podendo isolar um possível problema só na parte do automático ou no mecanismo como um todo.

Resumindo: se você tem certeza de que executou o teste correramente, resta ver o que diz o manual técnico (ou manual de instruções, embora não seja o ideal) para saber de 68 horas é aceitável ou não.

Abs.,

Adriano
Páginas: [1] 2 3 ... 10