Autor Tópico: Tissot Seastar, o que fazer?  (Lida 5446 vezes)

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Tissot Seastar, o que fazer?
« Online: 05 Outubro 2014 às 21:10:28 »
Boa noite,

Colegas o que fazer com esse Tissot Seastar. Vale a pena recupera-lo ? Não tenho nenhum vinculo com a peça.





abraço
« Última modificação: 05 Outubro 2014 às 21:13:15 por FPiccinin »

Offline Carbonieri

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.034
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #1 Online: 05 Outubro 2014 às 21:16:05 »
acho que só voce pode dizer isso  8) tentando responder algumas perguntas que podem ajudar:
1 - depois de pronto vc vai usar?
2 - o que vc acha do valor para recupera-lo?
abraço.
certo dia um velho sábio estava salvando uma tartaruguinha dente 5000 viradas na praia, quando um jovem foi até ele e disse: de que adianta salvar apenas uma. o velho sábio respondeu: vai tomar no seu cú

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #2 Online: 05 Outubro 2014 às 21:24:32 »
Carbonieri.
Nao usaria ele dourado, a caixa é em latão com um revestimento dourado. Com banho de ródio, acho que usaria. Gosto desse mostrador " pie pan ".
Não sei quanto gastaria, a coroa nao é original e tenho até medo de como está o movimento. O mostrador está muito bom.

Comercialmente o valor relogio é baixo, porém, tem alguma importancia para a historia da Tissot? Nao sei!

Se alguem puder indicar alguem que possa avaliar o custo de recuperaçao eu agradeço.

Abs
« Última modificação: 05 Outubro 2014 às 21:27:20 por FPiccinin »

Offline Carbonieri

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.034
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #3 Online: 05 Outubro 2014 às 21:33:26 »
se ficar baratinho eu recuperaria. qual movimento ele usa? abraço
certo dia um velho sábio estava salvando uma tartaruguinha dente 5000 viradas na praia, quando um jovem foi até ele e disse: de que adianta salvar apenas uma. o velho sábio respondeu: vai tomar no seu cú

Offline solano

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.332
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #4 Online: 05 Outubro 2014 às 21:33:56 »
 Eu tive um " primo dele ":



 Relógio extremamente preciso e vestia bem ( a cor é meio exótica, etc... ). Não fiz revisão e não gastei nada com o relógio, depois vendi.

 Os tissots antigos tinham bom maquinário e um desenho atraente.

 Quanto a recuperar, creio que vai custar o que seu coração puder pagar ! 8)

 Abs,
" Otempo é a insônia da eternidade "  Poeta Mário Quintana

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #5 Online: 05 Outubro 2014 às 21:40:13 »
O movimento deve ser um 784-2.

Solano, bem anos 70 o seu exemplar.

Será que consigo recupera-lo completamente ?

Offline solano

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.332
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #6 Online: 05 Outubro 2014 às 22:01:24 »
 Eu creio que sim! Se o mostrador está bom... Vai depender do relojoeiro! ;)

 Abs,
" Otempo é a insônia da eternidade "  Poeta Mário Quintana

Offline shun

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.405
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #7 Online: 05 Outubro 2014 às 22:19:40 »
Se o relogio nao te valor sentimental nenhum para voce, e voce esta preocupado com os custos de um eventual "transformação" do relógio para que, ai sim, possa decidir se vai gostar ou nao (como no caso de substituir o plaque dourado por ródio - mesmo com o mostrador com cifras e ponteiros dourados).. Na minha opiniao nao vale a pena!

Por cima oq tem que ser feito:

- Polir a caixa para remover todo o plaque gasto e deixar ele no metal 'nu'.
- Banho de ródio
- Coroa nova
- Revisao do movimento.

Tudo isso pra só depois pensar se curtiu nao me parece ser produtivo! Mas ai vai de cada um! Ahh.. e com toda a certeza vai sair mais caro do que o valor em si do relógio.. Mas isso é algo que vce provavelmente ja sabia!

Espero que tome a melhor decisão para si.  ;)

Abraços!
« Última modificação: 05 Outubro 2014 às 22:22:45 por shun »

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #8 Online: 05 Outubro 2014 às 22:45:56 »
Shun, os ponteiros e cifras sao prateados, por isso pensei em transformar a caixa em prateada.
Abs

Offline shun

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.405
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #9 Online: 05 Outubro 2014 às 23:16:30 »
Peco perdao! no meu monitor, ou talvez pela iluminacao na hora das fotos, deu-me a impressao de serem dourados!


Abracos!

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #10 Online: 05 Outubro 2014 às 23:25:37 »
Peco perdao!
Abracos!

Shun por favor, nao precisa pedir desculpas!

obrigado e abs.

Offline Henrique

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 454
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #11 Online: 05 Outubro 2014 às 23:32:48 »
Se não tem valor sentimental não vale a pena.  Vai sair mais caro que o valor do relógio.

vinniearques

  • Visitante
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #12 Online: 06 Outubro 2014 às 07:22:28 »
E alem disso depois que abrir podem surgir alguns problemas no movimento, peças danificadas por exemplo, quando se mexe num relogio antigo que não recebe manutenção adequada o céu é o limite.

Depois do ultimo que mexi desisti, comprei bem baratinho porque estava bonito e funcionando, resolvi reformar e ai começou, o movimento estava com algumas peças " no fim da vida" no caso do meu o que quebrou foi uma tal de ponte de bascule ( algo assim) resumo, paguei 150 reais no relogio e gastei 500 na reforma.


Offline Gravina

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 3.022
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #13 Online: 06 Outubro 2014 às 08:17:41 »
Mostrador em excelente estado :-*......e do tipo "Pie-pan" :-*
Sim, baixo valor comercial......e daí?
Quem tem um Tissot "Pie-Pan"? ;) ;D..........Omega tá cheio.... ;D
Agora, se não curti, se não vai usar, Tchau, tchau...............uma pena :'(

Alberto Ferreira

  • Visitante
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #14 Online: 06 Outubro 2014 às 09:27:47 »
Olá!

É um bonito relógio.
E...
Aí vão mais alguns "pitacos", de um "vintageiro" contumaz e assumido.

Eu concordo com o que foi dito pelos colegas...
- Se não tem valor afetivo...
- Se não vai usar...
- Se não concordar com os "custos" (grana, trabalho e, porque não dizer... ..."saco"  :-X)...

Deixe na gaveta ou, melhor, doe para alguém que considere os pontos acima de outra maneira.
Mas, para evitar um presente meio "troiano"  ;), consulte o possível agraciado antes.



Ah!
Com a devida vênia, faço minhas as palavras do Shun...

...

- Polir a caixa para remover todo o plaque gasto e deixar ele no metal 'nu'.
...

E eu levantaria outra questão aqui.
Se a remoção do plaquê antigo não for (eletro)-química, ou seja, se ela for mecânica, como de regra ocorre, por polimento e/ou escovação, considere que sempre haverá perda (remoção) de algum material da caixa.
Resumo desta "preocupação", se esta etapa não for muito bem feita, certamente descaracterizará o belo perfil da caixa.

Abraços!
Alberto


Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.005
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #15 Online: 06 Outubro 2014 às 11:11:54 »
Essa caixa é de latão mesmo ou na verdade trata-se de um bom plaquê que apenas ficou "roxo" e só ao passar cera automotiva sai?


Flávio

Alberto Ferreira

  • Visitante
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #16 Online: 06 Outubro 2014 às 11:20:35 »
Sim, é plaquê.
E as manchas sairiam, mesmo sem produtos abrasivos, nem precisa ser a cera, há cremes de limpeza (de joias e afins) para tal (a Sarica vende um - azul), o que "disfarçaria" o aspecto geral.

Mas, veja o desgaste do plaquê nas arestas. Isto com o tempo voltaria a ficar visível, exatamenta como está agora.

Conviver com isto, ou não, eis a questão.

Alberto

Offline FPiccinin

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.633
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #17 Online: 06 Outubro 2014 às 11:46:12 »
Bom dia,

O que está "pegando" é eu não uso relógio dourado e não me vejo usando, nem se fosse um Patek, mas se fosse prateado, certamente eu usaria. As observações do Shun, reforçadas pelo Alberto me fizeram esquecer a hipótese de modifica-lo de dourado para prateado. Não quero deforma-lo!

O mostrados e os ponteiros são original, o disco com as datas estão em muito bom estado, e como escreveu o Gravina é um mostrador estilo "Pie-pan" o que me chamou a atenção...mas continua sendo um relógio dourado.

A tempos eu postei sobre um Ralco que é/foi do meu pai e que ainda não restaurei, por falta de tempo e oportunidade de ir até um relojoeiro e discutir o processo como um todo. No caso do Tissot, não sei como esse relógio veio parar nas minhas mãos, não foi do meu pai e não sei qual a origem. Mas vejo ele na minha gaveta a mais de 10 anos.

Agradeço a todos e vou pensar se irei doa-lo à alguém que dê sobre vida ao relógio, ou, irei restaura-lo e presentear alguém que vá usa-lo, talvez meu pai.

At.

Flávio

PS.: Depois do Ralco...só usou e usa Seiko...kkkk

Offline Dicbetts

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.030
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #18 Online: 06 Outubro 2014 às 14:23:20 »
Ainda que não seja uma peça extraordinária, dava um trato na máquina e uma ajeitada na caixa. Com uma pulseira boa, tem tudo para ficar interessante.

Depois, via o que fazer com ele. Se agora não ocorre nada, daqui mais um tempo a ideia pode surgir.

Dic

Offline RTerror

  • Membro ativo
  • **
  • Mensagens: 50
    • Ver perfil
Re: Tissot Seastar, o que fazer?
« Resposta #19 Online: 06 Outubro 2014 às 16:46:19 »
Eu achei bem bonito. Pensaria com carinho numa forma de arrumá-lo e aproveitá-lo.