Autor Tópico: OT - A mente apgaga registros duplicados  (Lida 2209 vezes)

Offline O Cara

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.773
  • Em fase de aprendizagem
    • Ver perfil
    • Fábio Dutra
OT - A mente apgaga registros duplicados
« Online: 10 Julho 2009 às 12:12:25 »
Bom dia, recebi por e-mail e gostaria de compartilhar com os amigos:

Minha gente, vamos colocar isso tudo em prática. Bjs.

Por Airton Luiz Mendonça
(Artigo do jornal O Estado de São Paulo)

O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.

Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília,
sem portas ou janelas, sem relógio... você começará a perder a noção do
tempo.

Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações
internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono,
fome, sede e pressão sanguínea.

Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento
dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos,
como o nascer e o pôr do sol.

Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar:

Nosso cérebro é extremamente otimizado.

Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.

Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia.

Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar
conscientemente tal quantidade.

Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no
índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela
primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está
acontecendo.

É quando você se sente mais vivo.

Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente
colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências
duplicadas.
Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o
tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez
mais rapidamente.

Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa
atenção parece ser requisitada ao máximo.

Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os
sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo.

Como acontece?
Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os
olhos, mas com a imagem anterior, na mente); O cérebro já sabe qual marcha
trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e usa , no lugar de
repetir realmente a experiência).

Ou seja, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente.
Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa são apagados
de sua noção de passagem do tempo.

Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a
experiência repetida.

Conforme envelhecemos as coisas começam a se repetir - as mesmas ruas,
pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações, -...
enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de
verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades)
vão diminuindo.

Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de
novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.

Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a...

ROTINA

A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das
pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um
livro de um só capítulo, repetido todos os anos.

Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M ( Mude e Marque)

Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou
registros com fotos.

Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias
sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no
seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas.

Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário
para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).

Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de
momentos usuais.

Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo,
bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite
parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do
cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá
a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo.

Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.

Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.

Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências
diferentes.

Seja diferente.

Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu
marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas
visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos..... em outras palavras.
.... V-I-V-A. !!!

Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais
longo.

E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e
buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais
interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que
existem por aí.

Cerque-se de amigos.

Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes, com religiões
diferentes e que gostam de comidas diferentes.

Enfim, acho que você já entendeu o recado,não é?

Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade,
emoção, rituais e vida.

ESCREVA emtAmaNhosdiFeRenTeseemCorES
di fE rEntEs!
CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE...

V I V A !!!!!!!!
Um abraço
Fábio
Meu Blog: www.fabiodutra.com.br

Alberto Ferreira

  • Visitante
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #1 Online: 10 Julho 2009 às 12:50:14 »
Salve!

 ;D

Ou seja,...
Como talvez dissesse, outra vez, o Neruda,...

"Confesso que vivi."
 ;)  :D

Abraços a todos!
Alberto

Offline paulorocha

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.276
  • Tocando a vida a Golpes de Martelo!
    • Ver perfil
    • Diletante Compulsivo
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #2 Online: 10 Julho 2009 às 13:44:18 »
Belo texto! Muitas das dicas eu coloco em prática habitualmente. Uma delas, inclusive, está prestes a se confirmar...

Ainda não vou dizer qual, pois só terei a confirmação na próxima sexta-feira, mas é uma das mudanças mais radicais elencadas nesta lista.

E claro que meus diletos amigos aqui do fórum irão saber (se realmente se confirmar...) em primeira mão!




Um grande abraço
Um grande abraço

Paulo Rocha

Offline Daniel Eira

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.122
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #3 Online: 10 Julho 2009 às 13:55:54 »
Fábio,

É um belo texto ! Gostei muito ! Obrigado por compartilhar !

Abs

Daniel
Membro do RedBarBrazil
Siga @Watchfy

Offline Glauco GM

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 720
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #4 Online: 10 Julho 2009 às 14:33:13 »
Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o
tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez
mais rapidamente.

Estava conversando exatamente sobre isto hoje de manhã, esta impressão que o
tempo está mais curto....

ótimo texto, nos faz realmente meditar sobre o que podemos fazer para mudar
nossa rotina.

abs

Glauco

Offline automatic

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.624
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #5 Online: 10 Julho 2009 às 15:31:52 »
Excelente texto !!!

Por isso sempre compro relógios DIFERENTES !!!!!   ;D

Offline Wadley

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.369
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #6 Online: 11 Julho 2009 às 18:25:23 »
Legal.

Já conhecia esse texto.
Wadley

Offline

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.254
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #7 Online: 13 Julho 2009 às 18:30:44 »
Fabio, obrigado pelo excelente texto!

Você, com o filho novo, deve estar experimentando na prática o que diz o autor: acho que suas noites devem estar sendo beeeeem longas...

E, muito gratificantes!


Grande abraço!
Marcos  Sá

“prefiro a crítica que me corrige ao elogio que me corrompe” -Maquiavel

Offline jeans

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 521
    • Ver perfil
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #8 Online: 13 Julho 2009 às 20:13:45 »
Gostei muito do texto.

No meu caso, eu faço muitas coisas diferentes todos os dias, é um corre-corre, eu queria era desacelerar.... Sinto um pouco de saudade da rotina! Não aquela que sufoca, mas aquela que conforta.

Trabalho na área de informática, e, já presenciei muitos casos de stress (já vivi e vivo alguns), e de certa forma, loucura. Já tive medo de enlouquecer vendo amigos descambarem por esses lados, sério mesmo! Sendo que nada disso vale à pena. As cobranças de que tudo é para ontem! É para ontem! Ok, então venha dois dias antes pedir! E o que mais aborrece é que geralmente não fazem nada ou quase nada com o que era “urgente”.

Como sabiamente disse o RR = É preciso saber viver!

Quando era novo, um ano parecia um século, os pais pareciam gigantes e inexpugnáveis! Hoje é tudo muito rápido, mas não sei não hein! Tem muita criança dizendo: Daqui a pouco já é Natal novamente! Acho que está tendo alguma alteração na força...

É isso aí... Acho que está na hora do colírio alucinógeno que o moleque da propaganda do Rolex pingou!(risos)

Fiquem na PAZ!

[]`s Jean.

P.S.: Obrigado pelo texto... Fez o meu dia hoje!  ;)
"...mas uma coisa eu faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus." FP 3:13

Offline O Cara

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.773
  • Em fase de aprendizagem
    • Ver perfil
    • Fábio Dutra
Re: OT - A mente apgaga registros duplicados
« Resposta #9 Online: 14 Julho 2009 às 01:15:43 »
Acho que alguém aí em cima vai ser papai, hein  ;)

Eu andava numa rotina chata antes da gravidêz, depois veio a gravidêz e nos tirou totalmente da rotina, para completar estivemos na iminência de nos mudar, estávamos visitando casas, ligando para imobiliárias, chegamos até ao "quase fechar" um casa, mas a dona desistiu aos 48 do segundo tempo e devido a isso acabamos não nos mudando pois ficaria muito em cima mudança, gravidês, nascimento, decidimos adiar a mudança.

Depois veio o Gabriel e até hoje não sei mais o que é rotina.
Ontem mesmo às 4 da manhã estávamos numa emergência e fomos dormir às 6 da manhã (de hoje).

Minha dica:
Eventualmente para sair da rotina eu simplesmente tiro o dia de folga, decido não trabalhar naquele dia, desligo meus telefones comerciais e vivo um dia só pra mim (e minha família), não sabem como isso é fantástico (eu sou autônomo então posso fazer isso eventualmente).
Um abraço
Fábio
Meu Blog: www.fabiodutra.com.br