Autor Tópico: The Time Museum Series: Uma conversa com George Daniels  (Lida 506 vezes)

Offline igorschutz

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.761
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
The Time Museum Series: Uma conversa com George Daniels
« Online: 05 Junho 2018 às 11:25:38 »
O Time Museum, estabelecido em Rockford, Illinois (EUA) entre 1971 e 1999, foi um dos museus mais incríveis dedicados à relojoaria que já existiu, superando, inclusive, museus públicos suíços e ingleses.
Fundado e mantido por Seth G. Atwood, um rico industrial de Chicago, o museu só mantinha peças de extrema qualidade e, muitas vezes, únicas, dedicadas a contar a história da marcação do tempo.
Algumas peças da coleção foram o famoso PP "Henry Graves Jr.", que por muitas décadas foi o relógio mais caro da história; um relógio de pêndulo de John Harrison (feito de madeira!); o cronômetro "Mudge Green" feito por Thomas Mudge, que praticamente lançou a pedra fundamental dos cronômetros marítimos modernos; o Breguet Simpatique, do Conde de Orleans; entre muitos outros.
Dentre tantos relógios fabulosos, não poderia faltar, claro, uma peça manufaturada por George Daniels...

Uma não! Daniels fez mais de um relógio para Atwood. Na verdade, a moral do americano era tão grande, que ele foi a única pessoa que conseguiu encomendar um relógio à Daniels. Todos os outros relógios feitos por Daniels eram frutos de suas próprias idéias, sua vontade de fazê-los, e aí depois que estava pronto ele escolhia para quem vender.

O relógio feito por Daniels para Atwood levou mais de quatro anos para ser feito e continha seu primeiro escapamento próprio, que era uma variação de um escapamento duplo de cronômetro, baseado num projeto abandonado de Breguet. Futuramente, os princípios que fundamentaram este escapamento levaram George Daniels ao agora famoso escapamento co-axial.

No vídeo abaixo, produzido institucionalmente para o Time Museum, Seth G. Atwood visita George Daniels em sua oficina e batem um longo papo sobre o processo de criação de um relógio. Daniels exibe alguns desenho, fala sobre seu método de trabalho e demonstra o funcionamento de alguns equipamentos.

O vídeo exige um certo vocabulário de termos relojoeiros em inglês para total compreensão, mas vale demais ser visto para quem se interessa por esse aspecto da relojoaria.

Aproveitem:

Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.010
    • Ver perfil
Re:The Time Museum Series: Uma conversa com George Daniels
« Resposta #1 Online: 05 Junho 2018 às 16:26:59 »
Assisti. O cara ainda estava em Londres e certamente não tinha tido câncer, sua voz não estava igual ao Darth Vader