Autor Tópico: Qual foi a maior "mancada" que um relojeiro já fez ao "consertar" seu relógio?  (Lida 891 vezes)

Online flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.108
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
O Falco, moderador aqui, tem uma frase: o que detona um relógio é o relojoeiro. Não chego a tanto... Afinal, como aparato mecânico que é, o troço precisa de manutenção programada e feita por bons profissionais. Mas... Mesmo os bons profissionais dão suas mancadas e acabam deixando, como diz minha mãe, "pior a emenda do que o soneto".

Eu, por exemplo, já mandei relógios para relojoeiros independentes e autorizadas e tive surpresas desagradáveis com ambos, de ponteiros marcados a arranhões na platina.

Enfim, para vocês, qual foi a mancada feita por um relojoeiro que mais te marcou?

Para mim, foi um "deslize" de chave de fenda no rotor do movimento calibre 137 (aliás, um belo movimento) que equipa meu Ebel, o que o arranhou completamente. E assim me foi entregue, sendo que, depois de encrencar, foi necessária a troca completa de todo rotor.

Menção honrosa, também em um rotor: a lavagem em máquina do rotor que equipa o Longines Avigation (Eta 2894, aliás, um movimento de merda de visualmente feio), o que simplesmente retirou toda a inscrição deste, que era (e é) apenas um "silk screen". O cara deveria tê-lo lavado à mão, diga-se... Também precisou ser trocado, mas esse me deu aporrinhação, pois precisei processar a assistência autorizada.


Flávio

Offline Bernardo

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 275
    • Ver perfil
Certa vez eu enviei um Seiko para fazer uma simples regulagem e ele voltou com a tampa de um outro Seiko, de outro modelo. Além do próprio problema da troca, descaracterizando o relógio, aconteceu que essa outra tampa pegava no rotor do automático e o relógio não carregava. O relojoeiro me explicou depois que havia aberto os dois relógios ao mesmo tempo na bancada e que se confundiu ao colocar as tampas. Aconteceu há quase 40 anos atrás.

Abs,

Online igorschutz

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.217
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Eu já tive duas mancadas grandes, ambas com o mesmo relojoeiro.

A primeira foi o mostrador arranhando em um IWC Fliegerchronograph, ref. 3176. É um arranhado discreto, porém que derrete o preço do relógio em uma eventual revenda.
Quando informei o relojoeiro do tal arranhado ele sequer cogitou pagar por um novo mostrador, ou então devolver o valor que eu paguei na revisão (relativamente alto, à época). Apenas disse que faria uma "limpezinha" e o mostrador ficaria novinho. Recusei de pronto, óbvio.

A segunda cagada, mas que eu tenho parcela de culpa, foi que eu deixei quatro relógios cacarecos para serem revisados, sendo um deles um cronógrafo Olma com calibre Venus 170 (que sozinho valia mais que os outros três). O relojoeiro me ligou meses depois informando estarem prontos e eu levei uns seis meses para ir buscar, sem pagar pelo serviço.
Quando cheguei lá, o relojoeiro me entregou apenas três relógios, mas não o cronógrafo. Questionei e ele disse que eu não havia deixado crono algum. Na época, a gente fazia as coisas na base da confiança, e logicamente eu não tinha nenhum recibo dos relógios entregues, então engoli o prejuízo, paguei a revisão dos outros três relógios e fui pra casa, para nunca mais voltar lá.
Chegando em casa, abri o envelope que continha os relógios e encontrei lá dentro uma cápsula com os ponteiros centrais do cronógrafo, ou seja, prova cabal que eu havia deixado sim o relógio lá.
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Offline Enéias

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 3.631
  • "O tempo vence a vida." (etb)
    • Ver perfil
Ainda não tive este desprazer

Enviado de meu SM-G570M usando o Tapatalk

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

Um forte abraço!

Offline Clélio

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.364
    • Ver perfil

      Rapaz, eu tive uma situação bem critica, mas não por imperícia ou esperteza, o que houve foi uma ingenuidade e vontade de querer ajudar.

    Eu tenho um Enicar Sherpa que não é um relógio muito fácil de se encontrar.  Bem num descuido perdi o bezel do relógio, procurei muito por este bezel sem sucesso, até que um amigo relojoeiro disse que ia dar um jeito, pois conhecia bem a marca.

    Depois de muito tempo disse que havia arrumado o relógio, quando fui buscar estava lá o relógio com um bezel de Speedmaster :-X :-X :-X

    Fiquei extremamente frustrado, passei um bom tempo sem usar o relógio, que gosto bastante... E até hoje procuro um bezel original. :'(

 Abs

Offline TUZ40

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.988
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Infelizmente nesse meio tem que tomar muito cuidado.

Profissionais gabaritados e amparados por algum grupo ou empresa com cacife para bancar eventuais "cagadas" são poucos, e quase sempre o publico aqui do fórum os consideram caros.

Os que cobram pouco na sua maior parte aprenderam com a escola da vida, tanto na técnica quanto na malandragem.

Não existe almoço grátis nessa vida, desconfiem.

Posso falar que no caso do Igor, que preferiu não dar nomes aos bois, o "técnico" em questão é bastante querido e elogiado nesse fórum. E podem ter certeza, o caso dele não foi o único.  ;)

"All your base are belong to us"

Offline jfestrelabr

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.002
    • Ver perfil
Re:
« Resposta #6 Online: 29 Maio 2018 às 08:29:18 »
Polimento. 8)
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

Offline jfestrelabr

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.002
    • Ver perfil
Re:
« Resposta #7 Online: 29 Maio 2018 às 08:30:18 »
Infelizmente nesse meio tem que tomar muito cuidado.

Profissionais gabaritados e amparados por algum grupo ou empresa com cacife para bancar eventuais "cagadas" são poucos, e quase sempre o publico aqui do fórum os consideram caros.

Os que cobram pouco na sua maior parte aprenderam com a escola da vida, tanto na técnica quanto na malandragem.

Não existe almoço grátis nessa vida, desconfiem.

Posso falar que no caso do Igor, que preferiu não dar nomes aos bois, o "técnico" em questão é bastante querido e elogiado nesse fórum. E podem ter certeza, o caso dele não foi o único.  ;)

Ja sei quem é a figura.
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

Offline Vinnie

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.316
    • Ver perfil
Eu já tive duas mancadas grandes, ambas com o mesmo relojoeiro.

A primeira foi o mostrador arranhando em um IWC Fliegerchronograph, ref. 3176. É um arranhado discreto, porém que derrete o preço do relógio em uma eventual revenda.
Quando informei o relojoeiro do tal arranhado ele sequer cogitou pagar por um novo mostrador, ou então devolver o valor que eu paguei na revisão (relativamente alto, à época). Apenas disse que faria uma "limpezinha" e o mostrador ficaria novinho. Recusei de pronto, óbvio.

A segunda cagada, mas que eu tenho parcela de culpa, foi que eu deixei quatro relógios cacarecos para serem revisados, sendo um deles um cronógrafo Olma com calibre Venus 170 (que sozinho valia mais que os outros três). O relojoeiro me ligou meses depois informando estarem prontos e eu levei uns seis meses para ir buscar, sem pagar pelo serviço.
Quando cheguei lá, o relojoeiro me entregou apenas três relógios, mas não o cronógrafo. Questionei e ele disse que eu não havia deixado crono algum. Na época, a gente fazia as coisas na base da confiança, e logicamente eu não tinha nenhum recibo dos relógios entregues, então engoli o prejuízo, paguei a revisão dos outros três relógios e fui pra casa, para nunca mais voltar lá.
Chegando em casa, abri o envelope que continha os relógios e encontrei lá dentro uma cápsula com os ponteiros centrais do cronógrafo, ou seja, prova cabal que eu havia deixado sim o relógio lá.


Nem precisei pensar muito pra saber quem foi
"You can tell a lot about a person's character by how they treat people they don't have to treat well."

Offline zE_

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.926
    • Ver perfil
 
Ainda tem gente que gosta dele?

Offline Vinnie

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.316
    • Ver perfil

Ainda tem gente que gosta dele?

Eu tbm não consigo entender isso.
"You can tell a lot about a person's character by how they treat people they don't have to treat well."

Offline RSAM

  • Membro hiperativo
  • ***
  • Mensagens: 151
    • Ver perfil
Eu já tive duas mancadas grandes, ambas com o mesmo relojoeiro.

A primeira foi o mostrador arranhando em um IWC Fliegerchronograph, ref. 3176. É um arranhado discreto, porém que derrete o preço do relógio em uma eventual revenda.
Quando informei o relojoeiro do tal arranhado ele sequer cogitou pagar por um novo mostrador, ou então devolver o valor que eu paguei na revisão (relativamente alto, à época). Apenas disse que faria uma "limpezinha" e o mostrador ficaria novinho. Recusei de pronto, óbvio.

A segunda cagada, mas que eu tenho parcela de culpa, foi que eu deixei quatro relógios cacarecos para serem revisados, sendo um deles um cronógrafo Olma com calibre Venus 170 (que sozinho valia mais que os outros três). O relojoeiro me ligou meses depois informando estarem prontos e eu levei uns seis meses para ir buscar, sem pagar pelo serviço.
Quando cheguei lá, o relojoeiro me entregou apenas três relógios, mas não o cronógrafo. Questionei e ele disse que eu não havia deixado crono algum. Na época, a gente fazia as coisas na base da confiança, e logicamente eu não tinha nenhum recibo dos relógios entregues, então engoli o prejuízo, paguei a revisão dos outros três relógios e fui pra casa, para nunca mais voltar lá.
Chegando em casa, abri o envelope que continha os relógios e encontrei lá dentro uma cápsula com os ponteiros centrais do cronógrafo, ou seja, prova cabal que eu havia deixado sim o relógio lá.

Tive uma experiência parecida. Deixei 3 relógios de pequeno valor, na confiança, com um relojoeiro que já tinha realizado vários serviços em relógios meus de muito maior valor. Sempre que eu ligava para saber dos reparos ele dizia que estavam quase prontos, isso porque já tinham se passado alguns meses. Até que um dia ele sumiu. Fechou a oficina de um dia para o outro e levou meus relógios junto. Minha sorte é que o prejuízo foi pequeno. Ainda assim, bastante lamentável a situação.

Offline Dicbetts

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.891
    • Ver perfil
Má regulagem da máquina, que voltou adiantando. Aconteceu com um JLC e com um Chronoswiss que tive. Serviço feito na pressa.

Mas esse mesmo cara passou aperto quando marcou o mostrador de um Mônaco referência 1533.

Dic