Autor Tópico: A história do AP Royal Oak no Gear Patrol  (Lida 2109 vezes)

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.094
    • Ver perfil
A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Online: 23 Abril 2015 às 14:51:34 »
Como é notório, a indústria passava por uma crise nos anos 70, mas um pedido de um distribuidor AP para fabricar relógios de luxo em aço surgiu como uma boa pedida. Reza a lenda que Gerald Genta criou o desenho básico do Royal Oak, inspirado nas portinholas de navios e, também, nos capacetes de mergulho, em apenas uma madrugada.

O troço, na época, não foi um sucesso de vendas e as 1000 primeiras unidades encalharam. Afinal, custavam, diz a reportagem, 3000 dólares na época, enquanto um Rolex Sub tinha valor de 300. Na verdade há um erro na reportagem, porque já vi anúncio da própria AP da época colocando o modelo com preço de lista de 4000 e um Sub, na época, não chegava a 250. Era muita grana para um relógio, ainda mais feito em aço.

Parte dos custos adveio da escolha do material, porque a caixa era por demais complexa para fazer em metal duro, assim como seu polimento. Aliás, é até hoje. Não há como cortar caminho no polimento de um Royal Oak, só mesmo com politrizes da indústria de jóias e, se houver algum "dente" na caixa, abraço, já era. Aliás "playssons" que possuem o modelo no site, cuidado com o relógio, marcou, dançou!

O artigo, porém, joga toda a questão do preço na dificuldade de fazer a caixa, o que é meia verdade. Nos anos 70, as empresas de relojoaria top inflacionaram demais seus preços, seguindo a máxima de Veblen que, nas altas camadas sociais, o alto preço estimula demanda, não o contrário.

Aliás, é o que aconteceu com a maioria da indústria, em menor ou maior grau.

Enfim, ainda acho os Royal Oak tradicionais muito, mas muito foda e, se estivesse disposto a gastar grana em algum, passaria longe dos Off Shore que, aliás, são ressaltados no texto. A linha, lançada em 1993, de fato "salvou" a AP, porque colocou a marca, antes conhecida apenas como fabricantes de relógios para barões com mais certa idade, no mainstream de yuppies. E, querendo ou não, lançou o gênero dos relógios grandalhões com design meio "industrial". Quem pensou na Hublot como filha dessa vibe, pensou certo, muito embora o Jean Claude Biver, em entrevista, tenha tendado dar outra conotação ao tema.

Quem não sabe ler em inglês vale a pena jogar no tradutor. E vou além: quem nunca teve um AP Royal Oak em mãos, vá até uma loja e, sem vergonha, peça para o vendedor deixá-lo analisar o trabalho de caixa. Nos AP, o movimento, eu diria, entra em segundo plano. O trabalho de caixa é o que chama atenção algo que, nos Off Shore, talvez pelo visual "bruto" do relógio, passe um tanto quanto batido.

http://gearpatrol.com/2013/08/06/timekeeping-icon-audemars-piguet-royal-oak/


Flávio

Offline dwbr

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 387
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #1 Online: 23 Abril 2015 às 15:07:50 »
Laser welding resolve o problema.... "Playssons"? Sério? Todo mundo que conheço aqui no forum trababalhou duro para ter... Não queira impor sua realidade. Se eu falo algo assim vai encher de moderador no meu pé. Ops, é o dono... esquece. :)


Não há como cortar caminho no polimento de um Royal Oak, só mesmo com politrizes da indústria de jóias e, se houver algum "dente" na caixa, abraço, já era. Aliás "playssons" que possuem o modelo no site, cuidado com o relógio, marcou, dançou!

.·.

Offline jfestrelabr

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.282
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #2 Online: 23 Abril 2015 às 15:14:38 »
Titio é uma comedia kkkkkkkkkkkkk Playssons kkkkkkkkkkkkkk, olha que eu já tive a maior vontade do mundo de ter um AP, hoje ela nem chega a passar pela minha cabeça mais, sério eu perdi o tesão total na marca, eu acho que não tenho mais tesão em relógio, acho que gosto é da ROLEX hehehe.
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

Offline TUZ40

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.288
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #3 Online: 23 Abril 2015 às 15:16:54 »
Nos anos 70, as empresas de relojoaria top inflacionaram demais seus preços, seguindo a máxima de Veblen que, nas altas camadas sociais, o alto preço estimula demanda, não o contrário.
Isso se aplica para tantos objetos, infelizmente é uma grande verdade.



Quanto ao relógio, não tem o que se falar, realmente um ícone, muito bonito e elegante, mesmo assim com uma aura de esportividade.

Também não tenho a menor atração pelos ROO, talvez pelo tamanho incompatível com o meu pulso, talvez pelo "lifestyle" que acabei associando involuntariamente a peça, ou talvez pelo simples fato de sempre acabar comparando ele com o original, que me parece muito mais elaborado, equilibrado e bem resolvido.

Longa vida ao Royal Oak!
"All your base are belong to us"

Offline dwbr

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 387
    • Ver perfil
.·.

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.094
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #5 Online: 23 Abril 2015 às 15:42:54 »
Discutimos esse processo de solda a laser em outro tópico, se não estou enganado. Não lembro a conclusão que chegamos. Alguma autorizada no Brasil faz esse troço? Porque se fizer é mão na roda demais hein?


Flávio

Offline TUZ40

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.288
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #6 Online: 23 Abril 2015 às 15:43:03 »
Caray! Incrível o trabalho.  :)

"All your base are belong to us"

Offline joaoc

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.015
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #7 Online: 23 Abril 2015 às 16:31:26 »

..., eu acho que não tenho mais tesão em relógio, acho que gosto é da ROLEX hehehe.


Tô contigo, Estrela!

vinniearques

  • Visitante
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #8 Online: 23 Abril 2015 às 16:34:13 »
Tô contigo, Estrela!

+1

se bem que isso não é novidade rsrsrsrsr

Offline Lupferreira

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 863
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #9 Online: 23 Abril 2015 às 16:44:38 »
A disparidade de preço ainda é grande entre um Rolex e um AP, considerando dois relógios da mesma categoria?

Offline TUZ40

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.288
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #10 Online: 23 Abril 2015 às 16:53:50 »
Acho que umas 2,5x, mas não posso falar com segurança.

Mas a AP também tem coisas muito mais elaboradas, complicadas, sofisticadas, que não tem nenhum modelo da Rolex para comparar, o que acaba elevando também a visão da marca.
"All your base are belong to us"

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.094
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #11 Online: 23 Abril 2015 às 16:56:48 »
O dobro do preço, para modelo em aço "normal" (o Jumbo, replica do original, custa o triplo). A disparidade diminuiu. A Rolex se reposicionou de fábrica de modelos tool watches para algo de luxo acessível. Mas que fique claro, 250 dólares nos anos 70 não era de modo algum pouca grana, se simplesmente atualizássemos esse valor pela inflação, chegaríamos a algo entre 1200 a 2000 dólares. Um trabalhador de "lanchonete" na época ganhava 2.50 dólares a hora. Ou seja, para comprar um Submariner, ele teria que gastar pelo menos metade do seu salário de um mês para fazê-lo. Mas 4000 dólares eram absurdo, era muita grana MESMO! De forma simplista, pode-se dizer que as marcas médias aumentaram mais seus preços do que as top de linha.

Ah, e sobre o RO, interessante também é seu mostrador, ainda feito em guilhoche tradicional, ainda que usando um pantógrafo. Quando vi um pela primeira vez achei que fosse estampado.




Flávio
« Última modificação: 23 Abril 2015 às 17:02:10 por flavio »

Offline joaoc

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.015
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #12 Online: 23 Abril 2015 às 16:56:57 »
Penso que são coisas diferentes, Lup!

Sobre preço, acho que o Schultz está correto!

Offline TUZ40

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.288
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #13 Online: 23 Abril 2015 às 17:02:39 »
off topic

A Rolex se reposicionou de fábrica de modelos tool watches para algo de luxo acessível.

Vocês vão achar meio heresia o que vou falar, alguns até achar engraçado. Mas hoje a marca que vejo que tem mais este espírito Rolex do Tool Watch é a Sinn.
"All your base are belong to us"

Offline Spring

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 365
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #14 Online: 23 Abril 2015 às 17:08:30 »
Belo texto Flavio, bela marca, enfim ... adoro AP.

A respeito da caixa ..

No masterpiece was ever created by a lazy artist.

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 9.094
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #15 Online: 23 Abril 2015 às 17:21:05 »
off topic

Vocês vão achar meio heresia o que vou falar, alguns até achar engraçado. Mas hoje a marca que vejo que tem mais este espírito Rolex do Tool Watch é a Sinn.



Para mim é a Casio! hahahahahahahahahahah! G Shock feelings

Offline CSM

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 4.635
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #16 Online: 23 Abril 2015 às 17:32:35 »
Eu acho o RO lindo, dentre os 3 que eu acho que são equivalentes e concorrentes diretos, que seriam o VC overseas, PP nautilus, e o RO, independente de preço, iria no RO. Porém, por acha-lo muito "comportado", e como "playsson"quee sou, acabei preferindo ir no RO diver, que acho que tem uma pegada esportiva, sem perder o estilo classico do RO. O acabamento da caixa, e do dial é fantastico.

abraços
Membro do RedBarBrazil

Offline Seedorf

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 257
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #17 Online: 23 Abril 2015 às 17:56:58 »
Eu acho o RO lindo, dentre os 3 que eu acho que são equivalentes e concorrentes diretos, que seriam o VC overseas, PP nautilus, e o RO, independente de preço, iria no RO. Porém, por acha-lo muito "comportado", e como "playsson"quee sou, acabei preferindo ir no RO diver, que acho que tem uma pegada esportiva, sem perder o estilo classico do RO. O acabamento da caixa, e do dial é fantastico.

abraços

+1 .... a luz batendo no dial ..... sensacional!!!!! o vídeo explica acima explica bem isso.

Abraços a todos.

Offline jfestrelabr

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 5.282
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #18 Online: 23 Abril 2015 às 23:53:47 »
Penso que são coisas diferentes, Lup!

Sobre preço, acho que o Schultz está correto!

+1
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

Offline Lupferreira

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 863
    • Ver perfil
Re:A história do AP Royal Oak no Gear Patrol
« Resposta #19 Online: 24 Abril 2015 às 21:19:31 »
Caramba, este vídeo é duca. Obrigado Flávio.