Autor Tópico: Aplicação de filmes DLC em metais  (Lida 453 vezes)

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.607
    • Ver perfil
Aplicação de filmes DLC em metais
« Online: 29 Novembro 2019 às 15:12:32 »
O revestimento vem sendo usado por alguns fabricantes, sem muita fanfarra, há algum tempo, alguns externamente, em caixas, outros em peças funcionais. Lembro-me, sem pensar muito, da Omega, que utiliza o DLC no interior de seus tambores. O artigo é "nerd stuff" ao décimo grau, mas vale a pena ler. Para os preguiçosos, deixo a conclusão:]


"A aplicação de DLC é comumente feita em componentes mecânicos de precisão que executam movimentos repetitivos, operando sob altos ciclos, devido ao menor desgaste proporcionado por este tipo de revestimento, que confere alta dureza e menor coeficiente de atrito, melhorando as propriedades tribológicas. No entanto, essas propriedades podem ser otimizadas quando são realizados tratamentos anteriores como, por exemplo, nitrocementação."


http://www.arandanet.com.br/revista/ccm/materia/2017/06/29/aplicacao_de_filmes.html

Offline Jefferson

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 373
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #1 Online: 23 Dezembro 2019 às 13:06:44 »
O revestimento vem sendo usado por alguns fabricantes, sem muita fanfarra, há algum tempo, alguns externamente, em caixas, outros em peças funcionais. Lembro-me, sem pensar muito, da Omega, que utiliza o DLC no interior de seus tambores. O artigo é "nerd stuff" ao décimo grau, mas vale a pena ler. Para os preguiçosos, deixo a conclusão:]


"A aplicação de DLC é comumente feita em componentes mecânicos de precisão que executam movimentos repetitivos, operando sob altos ciclos, devido ao menor desgaste proporcionado por este tipo de revestimento, que confere alta dureza e menor coeficiente de atrito, melhorando as propriedades tribológicas. No entanto, essas propriedades podem ser otimizadas quando são realizados tratamentos anteriores como, por exemplo, nitrocementação."


http://www.arandanet.com.br/revista/ccm/materia/2017/06/29/aplicacao_de_filmes.html

Flávio,

Fico no grupo dos preguiçosos, mas gostaria de fazer um questionamento. Sempre pensei que revestimentos DLC e PVD são similares. Lendo seu resumo sobre aplicação de DLC em componentes internos que operam com alto ciclo e alta dureza, lembrei de um relógio que tenho com PVD em ouro rose que arranha até com o vento. Tenho tanto ódio deste revestimento PVD que resolvi colocar este relógio a venda. Poderia resumir a diferença entre PVD e DLC? Saudações, Jefferson!

Offline viniciussg1995

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.513
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #2 Online: 23 Dezembro 2019 às 13:13:24 »
Nem fala nisso Jefferson, meu pai adquiriu faz uns dois dias um tissot chemin des tourelle (acho que é isso) em pvd, mas falei com ele para sair fora de pvd, eu não acredito nisso.....
Vamos ver como vai ficar com o tempo esse relógio.
Abraços!
Vinicius

Offline Jefferson

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 373
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #3 Online: 24 Dezembro 2019 às 08:34:17 »
Nem fala nisso Jefferson, meu pai adquiriu faz uns dois dias um tissot chemin des tourelle (acho que é isso) em pvd, mas falei com ele para sair fora de pvd, eu não acredito nisso.....
Vamos ver como vai ficar com o tempo esse relógio.

Vinicius, conforme meu relato, minha experiência não foi boa. Como o PVD do meu relógio é em ouro rose, talvez os riscos fiquem mais evidentes. São riscos bem suaves e superficiais, mas me incomodam bastante, acho que o brilho espelhado do ouro evidenciam eles. Outro problema do PVD, embora eu não um seja adepto, é que não se recomenda polir. Saudações!

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.607
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #4 Online: 30 Dezembro 2019 às 11:15:06 »
Há uma questão a a ser analisada aí. O PVD é o método de aplicação de metal sobre outro metal, através da vaporização em vácuo. O DLC é o "produto" usado, que tem base de carbono. O que quero dizer é que o "filme" em DLC pode ser aplicado (ou necessariamente é) através de PVC, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A diferença em resistência, pois, está no material usado no filme. Se você aplica uma finíssima camada de ouro, metal super dúctil, a uma superfície, através de PVD, ele irá arranhar. O DLC não, pois a base do filme tem estrutura similar ao diamante sendo, portanto, muito resistente a riscos.


Flávio

Offline helio

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 728
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #5 Online: 30 Dezembro 2019 às 14:43:57 »
Nem fala nisso Jefferson, meu pai adquiriu faz uns dois dias um tissot chemin des tourelle (acho que é isso) em pvd, mas falei com ele para sair fora de pvd, eu não acredito nisso.....
Vamos ver como vai ficar com o tempo esse relógio.
Tenho 2 Porshe Orfina lemania 5100, um cinza e um preto (o cinza era meu e o preto de minha irmã, compramos na adolescência), ambos em PVD, ambos dos anos 80 (mais de 35 anos, quase 40), o preto com um pouco mais de desgaste que o cinza, melhor que muitos em plaquet que tenho. Minha unica magoa foi meu pulso ter crescido e ser impossível usar o bracelete preto original.
[]s

Offline helio

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 728
    • Ver perfil
Re:Aplicação de filmes DLC em metais
« Resposta #6 Online: 30 Dezembro 2019 às 14:46:40 »
Há uma questão a a ser analisada aí. O PVD é o método de aplicação de metal sobre outro metal, através da vaporização em vácuo. O DLC é o "produto" usado, que tem base de carbono. O que quero dizer é que o "filme" em DLC pode ser aplicado (ou necessariamente é) através de PVC, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A diferença em resistência, pois, está no material usado no filme. Se você aplica uma finíssima camada de ouro, metal super dúctil, a uma superfície, através de PVD, ele irá arranhar. O DLC não, pois a base do filme tem estrutura similar ao diamante sendo, portanto, muito resistente a riscos.


Flávio
Tem gente fazendo rodas de carro neste sistema, vi numa reportagem local há uns 2 anos. Sim o processo é diferente do PVD, acho que PVD no Brasil só tem uma empresa em São José dos Campos.
[]s