Grand Seiko Heritage Platinum

  • 0 Respostas
  • 448 Visualizações
*

Offline flávio

  • *****
  • 9.242
    • Ver perfil
Grand Seiko Heritage Platinum
« Online: 09 Março 2021 às 10:50:58 »
Não me levem a mal, eu sinceramente gosto da Grand Seiko. O que não gosto, mas aí trata-se de posicionamento de mercado, é o incremento ano a ano que a marca vem fazendo nos preços, para se aproximar, na percepção do consumidor, da faixa na qual situam-se Omega, Rolex, Jlc, etc. Mas eu ainda acho que a Grand Seiko possui um longo caminho até o topo: seus relógios são muito bons, apresentam padrão técnico de fato semelhante às marcas "médias" suíças, além de navegarem pelo high end, como na linha Credor mas... Eu acho difícil, pois produtos de nicho (ou talvez até mais fácil, justamente por serem produtos de nicho...), passarem a impressão que são coisas de "patrão": a Seiko não tem essa imagem perante o público geral.

Mas há algo que me irrita na Seiko. A sua produção de relógios mecânicos, reza a lenda, não chega a 10 mil peças por ano. O número é muito, mas muito pequeno, sobretudo quando se leva em consideração o que uma Rolex, Omega, etc, produzem. Ou o que a própria Seiko produz, nas linhas mais em conta (que também subiram de preço pra caramba).

O problema é que a Seiko lança todos os GS como se fossem edições limitadas comemorando isso ou aquilo, numa profusão de modelos que só é alcançada pela Omega e suas trocentas versões do Speedmaster.

Os mostradores da Seiko são singulares em cada versão? Ô se são! Mas quem se importa se são edições limitadas dos 140, dos 135, dos 150 anos da marca? Pô, parece que a Seiko comemora seu aniversário com uma edição "limitada" todos os anos"

Algumas coisas aí no modelo são bem singulares, a começar pelo mostrador, que tem uma padrão novo. Mas sempre estampado, muito embora em altíssima qualidade, diga-se. O movimento é o novo calibre feito em casa por eles, já discutido aqui, que usa um sistema de escapamento que lembra muito o Coaxial da Omega, embora eles próprios não digam isso. Mas lembra... Quem já analisou o funcionamento vai entender o que estou falando, pois há a distribuição entre bloqueios e impulsos entre levees, e uma delas impulsiona diretamente o balanço.

Mas aí vem a maior novidade: fizeram o relógio em platina. Tudo bem que platina é um troço difícil de usinar, caro como metal por si só, mas... Pô Seiko, 60 mil dólares nesse troço? Dá para comprar o mesmo modelo que produzem, mas em aço, 8 vezes! Mas não só... Custa mais caro do que um Lange em platina, e aí é para chutar o pau da barraca, porque há muito mais artesanato envolvido e melhor acabamento envolvido nesta última. Não vou nem discutir a questão da percepção de luxo da marca...

Enfim, belo relógio, muito bem feito, com sacadas técnicas modernas mas... Se custasse a metade eu já acharia caro, mesmo comparando com o que existe no mercado. 60 mil dólares? Pô, é para enfraquecer a amizade!


Flávio


https://watchesbysjx.com/2021/02/grand-seiko-heritage-slgh007-9sa5-platinum.html