Banalização do dinheiro ou não????

  • 76 Respostas
  • 14416 Visualizações
Banalização do dinheiro ou não????
« Online: 18 Novembro 2011 às 10:01:11 »
Ontem estava fazendo uma visita a um amigo aqui de Brasília dono de uma relojoaria e ele me mostrou um relógio que acabara de vender a um conhecido de Brasília, era um Hublot KING POEWR F1 TURBILÃO, ( http://www.hublot.com/pt/NEWS/1871_king-power-f1-tourbillon/#/COLLECTION/WATCHSELECTOR/1/ZOOM/1150 ) , uma edição limitada a 50 peças, mas o que me chamou mais atenção foi o preçinho da criança 500,00K :o :o :o.
Eu tirei algumas fotos do relógio no meu pulso porem não ficaram boas mas sei lá achei meio estranho aqui no Brasil alguém dar 500k paus em um relógio, pode parecer bobeira minha mas senti que estamos indo no mesmo caminho dos americanos, rumo ao nada hehehehe.
E na mesma loja tinha um outro cliente lá com eles que acabara de encomendar um outro hublot de 900k :o :o :o :o :o (http://www.hublot.com/pt/NEWS/#/COLLECTION/BYCOLLECTION/1000003/ZOOM/1172 ) , eu falei para o cara (um garotão da minha idade) porra como é que vc tem coragem de gastar 900k em um hublot desses, dai ele me respondeu que era presente do pai dele hehehhee, deve ser filho de algum senador de passagem por Brasília que esta lavando o NOSSO dinheiro só pode, 900k em um relógio aqui em nosso Brasil ??? isso não faz parte da nossa cultura , pelo menos não da minha hehehe.
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

*

rasbrito

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #1 Online: 18 Novembro 2011 às 10:47:36 »
Cada um faz o que quer com seu dinheiro (se for seu mesmo...), mas eu considero obsceno esse pagar esse valor por um relógio. Tenho certeza que algum colega do fórum vai apresentar alguma boa justificativa e tal, mas nada irá me convencer que esse valor é justo.
Em relação aos rumos que o Brasil vem tomando, me recordo das palavras de um analista americano (ao tentar explicar a crise de 2008):

"Os americanos passaram a comprar coisas que não precisavam, com um dinheiro que não possuíam..."

Acho que isto está valendo para o Brasil...

*

Online flávio

  • *****
  • 9.263
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #2 Online: 18 Novembro 2011 às 10:58:15 »
Estrela, discuti isso no tópico sobre o catálogo da Lange e alhures. Discutimos isso também no tópico sobre aumento de preços. Cara, eu não vou discutir se esses ladrões que existem em Brasília (conheço todos e, pior, não apenas pela minha profissão, mas porque os encontro na balada! Veja a situação que me coloco às vezes...Você sabe como é, pois conhece os mesmos caras que eu) que compram.

Por outro lado, ficando apenas nos relógios, isso é um completo despropósito, não há justificativa, não há como entender isso. George Daniels fabricou SOZINHO todos os seus relógios, demorou UMA VIDA para fazê-los (não foram mais do que 30 ou 40, esqueci o número) e, eles só alcançaram valores astronômicos DEPOIS, porque o custo de produção e valor do seu trabalho, que é o que cobrou na época que fabricou,  não chegava aos pés disso.

Enfim, eu já não entendo mais nada...


Flávio
« Última modificação: 18 Novembro 2011 às 11:12:15 por flavio »

*

Offline Adriano

  • *****
  • 6.344
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #3 Online: 18 Novembro 2011 às 11:07:31 »
Já peguei na mão um King Power Chrono Tourbillon, coincidentemente vindo de Brasília também. Estava acidentado por sinal, muitas marcas de batida, mostrador com peças soltas. É também um relógio de 500 ou 600K de reais, que fora usado como um G-Shock. Que fique claro que não tenho nada com isso, é só uma constatação.

Não me cabe julgar o que cada um faz com seu dinheiro. Nem posso julgar se gastar 900K com um relógio é banalização ou não. Realmente não sei pois não posso criticar sendo que eu não sei o que eu faria se eu tivesse o mesmo poder aquisitivo. Sabe-se lá se eu, com a mesma grana, não faria a mesma coisa. Não sei, não consigo prever. É como aquelas perguntas "o que você faria se ganhasse na loteria". Não sei, não consigo pensar. É como me perguntar o que eu faria se estivesse em um navio afundando, ou em meio a um Tsunami. Não sei, não consigo prever. Uma coisa é pensar nisso fora da situação, outra é pensar o mesmo dentro da situação. Pode mudar tudo, ou pode não mudar, não sei. Se eu ganhasse 10 milhas por mês, talvez comprasse sim um relógio de 900K (com certeza não um Hublot), sei lá. Não tenho como saber. Com certeza eu não ia continuar comprando só relógio de menos de 10K.

Mas penso que é mais fácil banalizar se o dinheiro for muito ou se for fácil, ou os dois. E com isso não quero dizer que quem compra relógios desse preço tem dinheiro fácil. Não posso saber, não tenho como saber, não posso dizer. Pode ser suado, pode ser bem mais suado que o meu. Porque conheço pessoalmente gente que pode comprar relógios desse preço, que sairam do nada, que começaram em seus ramos como office-boy e hoje são donos de sua própria empresa, são talentosos no que fazem, batalharam, se foderam muito, ralaram muito e até hoje acordam cedo e chegam tarde em casa e trabalham duríssimo para ter a grana que tem. Mas é fato que a grana fácil se converte rapidamente em banalização. Vide traficantes do Rio. O dinheiro deles é facílimo, e eles gastam com correntes de ouro com 400 gramas e um emblema enorme de um cifrão. Pegam um AK-47 e folheaim com ouro...

E como vejo que a compreensão e interpretação de texto anda sendo rara neste fórum, vou repetir: não estou dizendo que quem compra relógio desse preço ganha dinheiro fácil, muito menos comparando-os com traficantes. Trolls profissionais de plantão: por favor!

Abraços!

Adriano


Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #4 Online: 18 Novembro 2011 às 11:11:30 »
Cada um faz o que quer com o seu dinheiro, mas acho revoltante pagar estes valores, MUITO difícil aceitar, se já é difícil aceitar que tem gente que paga estes valores por uma Ferrari...por um relógio então...

abs

AFTP

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #5 Online: 18 Novembro 2011 às 11:26:52 »
Penso eu que cada coisa tem o seu valor, bom, uma Ferrari tem um baita valor agregado em tecnologia, motor, carroceria, etc... se vale mais alguns milhões eu não sei, tomo mundo que conhece bem a marca fala que ela entrega muito menos do que vale, bom, mas não discuto isso, agora em um relógio hehehehehe, ainda mais em um pais como o nosso, foi como falei , fui criado em uma cultura diferente, trabalho no ramo imobiliário de Brasília em uma empresa com mais de 35 anos SOLIDA o que já é uma grande coisa por aqui, já vi muito nego subir e despencar lá de cima, mas igual agora eu to assustado, o dinheiro por aqui parece que perdeu o valor, quem mora em Brasília e convive com as loucuras do meu setor sabe bem o que eu to falando, aonde vc paga mais de 10.000.00 R$ por um metro quadrado? Ta bem, Ta bem Rio tem, mas olha a vista hehhee, NY tem também, mas digo novamente olha aonde vc esta, tenho visto alguns figurões gastarem algumas fortunas em coisas tão supérfluas que a única coisa que posso pensar é que a maior praga da humanidade foi a invenção da GRANA hehehehe.
6 milhões por um carro? ta certo que o cara é um agiota procurado no pais todo, mas anda para todo lado com o carro e ninguém pega.
Esse Bummmmmmmmmm que a nossa economia deu eu acredito que jaja seja um Bummmmmm no sentido negativo, jaja.
Rolex ou Rolex.

Fórum Genérico, respostas genéricas.

*

Offline Adriano

  • *****
  • 6.344
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #6 Online: 18 Novembro 2011 às 11:30:44 »
...

 Tenho certeza que algum colega do fórum vai apresentar alguma boa justificativa e tal, mas nada irá me convencer que esse valor é justo.
...

Rasbrito

Complementando o que eu disse: isso eu concordo. Esse é o ponto que é passível de dicussão. Não me importo se alguém paga isso ou não, num relógio ou quem qualquer objeto. Não acho injusto pagar isso. Isso é de cada pessoa e não me cabe discutir.

Mas se é justo COBRAR isso, ah, isso sim, merece discussão. E logo, nada me convence também que um troço desse precisa custar tudo isso. É exagero. Um turbilhão não precisa custar tudo isso, nem precisa custar o que a maioria das marcas pedem. Eu aceito pagar um pouco mais caro pela exclusividade, e acho justo cobrar por isso. Mas um pouco mais. Não estratosfericamente mais.

Um turbilhão normal não exige nada de pesquisa. Breguet já fez o P&D um par de séculos atrás. Ninguém precisa gastar um tostão com pesquisa e desenvolvimento de um turbilhão convencional. E os chineses consegue fazê-lo, bem ou mal, por US$ 3.000,00. É sabido que as coisas produzidas na Suíça, para relógios, custam entre 3 a 10 vezes mais que as mesmas peças produzidas na China. Façam as contas para saber até quanto é decente cobrar por algumas complicações, mesmo contando com o "plus" da exclusividade, do "swiss made", etc., etc., etc.

Abraços!

Adriano

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #7 Online: 18 Novembro 2011 às 11:39:09 »
Quer ver loucura?

Vá nos fóruns de áudio no mundo e veja os preços que se pedem pelo METRO de cabos de caixas de som. Algo acima de 100 MIL dólares nos casos mais extremos.

Há razão para custar tanto? Claro que não! Há quem pague? Com certeza! Osceno, absurdo? Ué, mas não é a grana do louco?

Seria como perguntar por quê comprar um Porsche 911 RSR GT3 por 480 k euros se o 911 comum entrega 95% do desempenho por menos do que um quinto disso.

Mas há pessoas que querem ter o último biscoito do pacote e pagam qualquer preço por isso, ainda mais no mundo dos über ricos de hoje em dia.

Discutir essas coisas é complexo.

Amplexos do Mário, contando 7 horas para abrir uma Weiss bier

Amplexos do Mário

*

Offline FALCO

  • *****
  • 2.476
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #8 Online: 18 Novembro 2011 às 11:40:54 »
Independente dos valores absolutos... Que obviamente chamam a atenção, mais para quem não tem do que para quem tem...
Apenas um conta, para cada um fazer...
Quanto do seu patrimônio seus relógios representam?
Eu acho, baseado em nada, que a maioria dos donos destes relógios de us$500k gastam "menos" em relógios do que a maioria que sonha com seu "primeiro Rolex" aqui no forum.
No livro The Millionaire Next Door: The Surprising Secrets of America's Wealthy o autor chega à conclusão, não tão simples, que, em valores absolutos, nos EUA, produtos de "luxo" são vendidos vezes mais para quem tem menos de us$1mi do que para quem tem mais...
FRM: contra argumentos, não há fatos !!!

*

Online flávio

  • *****
  • 9.263
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #9 Online: 18 Novembro 2011 às 11:42:00 »
Mário, totalmente off topic, mas pegando o que disse, tinha que comentar: por conta de uma gripe (e ainda estou gripado, diga-se), estou há 10 dias preso dentro de casa! Hoje tenho que sair e enfiar o pé na jaca, para minha sanidade!  ;D ;D ;D



Flávio

*

Offline igorschutz

  • *****
  • 7.816
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #10 Online: 18 Novembro 2011 às 11:43:53 »
Sobre a "justeza" dos preços dos relógios, a única coisa que tenho a comentar é: tanto não acho justo R$ 900k no Hublot como não acho justo R$ 20k num Rolex Sub como não acho justo R$ 10k num Omega PO como não acho justo R$ 3k num Tissot quartzo; e é por essas e outras que simplesmente abdiquei de comprar relógios.

Simplesmente, estão todos caros demais, e os preços só tendem a subir, já que, cobrando a fortuna que cobram, ainda vende...

E sobre a mensagem do Falco aí acima, é o que eu estava abrindo a "boca" pra falar.
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #11 Online: 18 Novembro 2011 às 12:25:56 »
Olá amigos.

Sinceramente, não vejo nada absurdo alguém gastar essa quantia em algo supérfluo (seja um automóvel de luxo, relógio, lancha, etc.), pois acredito que o seu poder aquisitivo e seu meio social "justifiquem" extravagâncias.

Outro dia, conversando com o amigo Alberto, ele citou um exemplo que pode se encaixar ao assunto do tópico, dadas as devidas proporções:

O que uma funcionária de um estabelecimento comercial pode imaginar quando um cliente passa uma garrafa de vinho que vale três vezes o seu salário  (tendo em vista que aquela garrafa proporcionará apenas breves momentos de prazer)?

E o que dizer de pessoas que "torram" até 50k nos cassinos de Las Vegas indo 3 ou 4 vezes no ano? (eu conheço pessoas que fazem isso).

Agora, eu não penso que isso é uma novidade para o Brasil. Essa ostentação ou "gastança" sempre existiu. A diferença é que produtos que só eram encontrados no "estrangeiro", atualmente, estão disponíveis no País.

Por outro lado, um cara como este que tem bala na agulha, pode muito bem comprar o mesmo produto fora do Brasil e pagar menos por isso. Vai ver, ele quer contribuir para a economia do País. :-X

Abraço,
Guilherme.

« Última modificação: 18 Novembro 2011 às 12:29:28 por Guilherme »

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #12 Online: 18 Novembro 2011 às 12:46:45 »
Em Brasília... Com certeza o cara estava gastando "dinheiro dos outros"...
Abraço,

Rodrigão.

*

Offline Miguel

  • *****
  • 1.872
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #13 Online: 18 Novembro 2011 às 12:53:17 »
Não adianta: o preço de QUALQUER coisa neste universo quem determina é quem compra, não quem vende.

E caro é aquilo que a gente não pode comprar. Não tem a ver com o produto.

Quando a lei de oferta e procura acabar, o mundo já terá acabado há tempos.

Abraços,
Miguel
"...all that we need is wine and good company!®"



*

Offline lucius

  • *****
  • 1.163
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #14 Online: 18 Novembro 2011 às 12:56:15 »
MONEY LAUDERING.

Lucius
Corruptissima re publica plurimae leges

*

Offline Adriano

  • *****
  • 6.344
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #15 Online: 18 Novembro 2011 às 13:07:59 »
Em Brasília... Com certeza o cara estava gastando "dinheiro dos outros"...

Mas é exatamente isso que eu tomei todo o cuidado de não dizer, nem sugerir. Não podemos dizer isso, não podemos saber, não conhecemos essas pessoas para sugerir, quanto mais dizer "com certeza".

É esse o cuidado que acho que todos devemos ter ao se manifestar em um espaço público.

Abraços!

Adriano

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #16 Online: 18 Novembro 2011 às 13:11:30 »
O relógio custa mais caro que meu carro e minha casa juntos! rsrsrsrs....
E passa longe em! kkkkkkkkkkkk
Será que tem que declarar para o leao? rsrs
Vai ver é um excelente investimento nao declaravel. rsrsrs
Abraços!

*

Offline Jansen

  • ****
  • 375
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #17 Online: 18 Novembro 2011 às 13:18:19 »
em poucas palavras: Absurdo, Abuso, Luxuria. Abs a todos
" Se todos seus esforços foram vistos com indiferença, não desanime, pois o sol ao nascer dá um espetáculo todo especial e no entanto a maioria da platéia continua dormindo..." Autor Desconhecido

Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #18 Online: 18 Novembro 2011 às 14:27:23 »
Vejamos o seguinte.. as coisas são relativas pra MUITA GENTE (NÃO É O MEU CASO!!!!!!) pois acho que mesmo "caindo de para-quedas" um valor estratósférico na minha conta eu não usaria um relógio nem de 500k muito menos de 900k....pois  não me sentiria bem devido a condição social, hoje, do nosso país....poderia ajudar muitas entidades (se quisesse!!!) com parte desse $$$ e ainda ter um GRANDE relógio de menor valor no meu pulso...deixaria de lado esse "mimo"....concordo com jfestrelabr é uma questão de banalização mesmo do $$$...são esses tipos de "presentinhos do papai" e outras coisinhas que geram nessa molecada uma sensação de que pode ter e fazer tudo a todo tempo...e que nem a lei deve ser obedecida por eles, pois até com seus carros possantes (devem ter!!!) estão tirando vidas e etc....ou seja, em resumo, teremos (ou já temos) uma geração sem limites... assim não me interessa a forma como "essa" pessoa ganhou, mas as consequencias que esses "mimos" estão gerando no contexto social....Falei...BC :-X :-X
« Última modificação: 18 Novembro 2011 às 14:29:32 por BCRodrigues »
"Nunca se afaste de seus sonhos, pois se eles se forem, você continuará vivendo, mas terá deixado de existir". (Charles Chaplin)

*

Offline Desotti

  • *****
  • 2.071
  • SAY HELLO TO MY LITTLE FRIEND...
    • Ver perfil
Re: Banalização do dinheiro ou não????
« Resposta #19 Online: 18 Novembro 2011 às 15:08:10 »
OFF-OFF Topic: Com esses 900K sobrando, eu comprava um apêzinho na Florida, colocava um Camaro e uma Harley na garagem e ainda sobrava um bom trocado para ficar descansando por lá duas vezes por ano, sem medo de usar meus reloginhos...  ;D ;D ;D

Mas falando sério, concordo com o Adriano, acho complicado conjecturar o que alguém faria tendo acesso a MUITO dinheiro (algo à partir dos seis dígitos mensais), especialmente no caso de pessoas que já nasceram muito ricas, situação onde frequentemente as noções de valor podem ser facilmente distorcidas.

Lembro-me de uma entrevista que li com Larry Ellison, dono da Oracle e de uma das maiores fortunas pessoais do mundo, em que o reporter lhe perguntou como era a sensação de se possuir uma fortuna pessoal e "X" bilhões de dólares (não lembro a quantia exata), no que ele respondeu que se possuir 1 bilhão ou "X" bilhões não fazia absolutamente nenhuma diferença pois, a partir do primeiro bilhão, a pessoa pode adquirir simplesmente tudo o que os dólares permitem.

Então tá! ::)

[[]]'s