Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)

  • 10 Respostas
  • 1782 Visualizações
*

Offline igorschutz

  • *****
  • 7.875
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Online: 29 Janeiro 2019 às 08:23:15 »
https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/01/entenda-como-a-suica-faz-super-ricos-pagarem-ate-r-35-mi-em-um-relogio.shtml

Movimento = engrenagem?
Turbilhão = força motriz?

O repórter deveria ter consultado o diretor da Montblanc antes de publicar a matéria...
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

*

Enéias

Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #1 Online: 29 Janeiro 2019 às 09:51:14 »
Pelo menos num ponto foram precisos: as modernidades eletrônicas se tornam obsoletas, mas os relógios mecânicos permanecem.

Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #2 Online: 29 Janeiro 2019 às 10:49:57 »
as modernidades eletrônicas se tornam obsoletas, mas os relógios mecânicos permanecem.
Aquela frase final mata a pau kkkkkkk
Abraços!
Vinicius

*

Offline CSM

  • *****
  • 4.649
    • Ver perfil
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #3 Online: 29 Janeiro 2019 às 11:54:05 »
curioso o fato da boutique da MB ter sido a segunda que mais vendeu relogios no mundo......  ??? ??? ??? jamais imaginaria isso. principalmente depois da lava a jato.

abraços
Membro do RedBarBrazil

*

Enéias

Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #4 Online: 29 Janeiro 2019 às 12:23:52 »
curioso o fato da boutique da MB ter sido a segunda que mais vendeu relogios no mundo......  ??? ??? ??? jamais imaginaria isso. principalmente depois da lava a jato.

abraços
E no RJ, para variar...

*

Offline TUZ40

  • *****
  • 5.299
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #5 Online: 29 Janeiro 2019 às 13:15:08 »
Pow... não conheço um comprador sequer de MB 0km. Já é difícil achar quem quer usado e depreciado.
"All your base are belong to us"

*

Enéias

Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #6 Online: 29 Janeiro 2019 às 13:46:09 »
Pow... não conheço um comprador sequer de MB 0km. Já é difícil achar quem quer usado e depreciado.
Eu tinha um crono, grande com pulseira de aço original. Consegui algo bom num rolo. Valjoux 7750. No máximo pagam a R$ 4 mil. Pelo menos no meio comercial.

*

Offline flávio

  • *****
  • 9.620
    • Ver perfil
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #7 Online: 29 Janeiro 2019 às 13:58:03 »
É... Mas não me parece claro que as boutiques são as maiores vendedoras de relógios. Afinal, na Montblanc os relógios são apenas mais um produto dentro do portfólio.

*

Offline TUZ40

  • *****
  • 5.299
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #8 Online: 29 Janeiro 2019 às 14:00:58 »
Pois é... acho mais fácil até o numero de cintos ou carteiras superarem esses relógios nas boutiques.  ;D

A verdade é que a MB tem o total e completo domínio do mercado de canetas colecionáveis de luxo. Deve ter é muito colecionador de canetas por aqui.
"All your base are belong to us"

*

Offline flávio

  • *****
  • 9.620
    • Ver perfil
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #9 Online: 29 Janeiro 2019 às 14:40:31 »
Total. Colecionador de caneta compra de outras marcas, o cabra que quer ter apenas uma, vai de Montblanc. A Montblanc está para as canetas com a Rolex para a relojoaria.

*

Offline ejr888

  • *****
  • 1.254
  • EJR888
    • Ver perfil
Re:Matéria da Folha sobre relógios suíços (29/01/2019)
« Resposta #10 Online: 29 Janeiro 2019 às 18:37:20 »
Boa tarde.

Gostei da matéria. Profissionalismo para um leigo da relojoaria. Aproveitou a viagem paga.

Adoro caneta Montblanc. É inestimável a minha com diamante. Uma pro resto da vida.


Abraço!