Autor Tópico: Apresentação e algumas perguntas sobre preços e o que é realizado em revisões  (Lida 1719 vezes)

Offline Alevian

  • Membro confirmado
  • *
  • Mensagens: 10
    • Ver perfil
Prezados,

Entrei nesse fórum com um objetivo claro, que seria uma orientação de como e onde arrumar um relógio mais ou menos antigo que era do meu pai.

Como alguns aqui devem saber, a Souza Cruz costumava presentear com um relógio de ouro os funcionários que completavam 30 anos de serviço para a empresa.

Meu pai trabalhou lá. Entrou empurrando caixas e saiu como mecânico, na época em que cigarros eram feito com máquinas apenas mecanizadas. E, em 1979, ele foi agraciado com o presente. O relógio tem, portanto, exatos 40 anos! Quadradinho, fundo branco, marca só as horas, pulseira de couro... modelo De Ville.

Recentemente, ele faleceu. Viveu muito bem seus 92 anos, até que em março começou a ter probleminha de mobilidade e depois disso conseguiu ir até agosto.

Ele praticamente não usava o relógio, que tinha valor monetário, para um relógio, muito acima de nosso padrão e também valor estimativo.

Sabia que não podia deixar parado, às vezes colocava um dia no pulso. Mas depois de algum tempo começou a atrasar, a parar. Nem me lembro da última vez que o vi com o relógio.

Dia desses encontrei a joia na gaveta, já sem a coroa.

Levei a um relojoeiro que está atuando aqui no bairro (Penha _ São Paulo), colocou a coroa, deu corda, e o bicho funcionou por 2 dias, atrasando um pouquinho até parar. Tenho medo de forçar para dar corda. Parece que não quer funcionar mais!

O tal do relojoeiro disse que o maquinário estava sujo e que poderia arrumá-lo por R$1200,00.Disse ter formação no Senai Suíço Brasileiro, ter trabalhado na Technos, na Oriente, em uma loja do Shopping Ibirapuera... mas ainda assim achei um pouco salgado e não me inspirou toda a confiança necessária.

Vi uma tabelinha, no site da própria Omega, dizendo que a revisão em um relógio de metal precioso da marca custa em torno de R$2000,00. Lá não é mencionado se esse valor seria para relógios novos ou mais antigos.

Liguei para um relojoeiro que atua próximo à Avenida Angélica, e me disse que, se for só revisão, faz por R$300,00.

Liguei na loja Omega (Shopping Cidade Jardim), mas a moça que me atendeu deu o telefone da empresa do Adriano (Moderador Global aqui do forum).

Liguei na empresa, atendeu uma moça, disse que eu preciso levar lá para fazer um orçamento mas que, por ser um relógio antigo, talvez precise levar para reparo na Suiça, ou trazer peças da Suíça. Nem entendi bem. Trabalham também de segunda a sexta, horário coincidente com o meu horário de expediente. E não atendem aos sábados, uma pena.

Vislumbro ainda consultar um relojoeiro (Eurico, na Lapa - na verdade, o filho dele, Ricardo, para ver se arrumo, por preço acessível) e um tal Sr. Cintra, no Bom Retiro. Relojoeiros que me foram indicados por pessoas conhecidas, mas não tão especializadas no ramo quanto os foristas daqui, obviamente.


Perguntei na Cassio Center, do Center Norte, e o japa que atendeu informou que um conserto em um relógio desses, se viável, custará pelo menos R$900,00.

Confesso que estou pirando com tanta informação divergente.

Será que um relógio que funcionou outro dia e parou dá tanto trabalho assim para ser arrumado?


Outro ponto que acho curioso é que, além do relógio Omega, meu pai tinha um Orient, de GUERRA. Pau pra toda obra mesmo, literalmente. Funciona sem problema.

Será que ele deu azar com o Omega, usado por poucas horas nesses 40 anos?

Acredito que o Orient tem mais ou menos o tempo de vida, tendo sido usado diariamente, por décadas!

Qual a vida útil média de um Omega?

Enfim, não me apresentei, mas apresentei o caso aos colegas.

Espero obter orientações, preferencialmente indicações de vários relojoeiros confiáveis, com anos de profissão, além da Carpinópolis e da empresa do Adriano, tão citadas por aqui.

Espero também poder compartilhar por aqui o andamento da história desse reloginho, que talvez possa cumprir seu propósito de concepção:  O seu relógio OMEGA foi concebido para o acompanhar de forma fiável ao longo da vida se receber, regularmente, o melhor cuidado.

Sei. Não fizemos nenhuma manutenção, mas também pouco usamos o produto.
Sei. Não havia lubrificação, mas também não houve esforço, penso eu.

Não espero prognósticos, que não são recomendáveis nem para pessoas com doenças graves, apenas opiniões, que possam me auxiliar a formar um juízo e tomar as melhores decisões, baseados talvez em um nobre interesse de me ajudar a botar a máquina para trabalhar.


Obrigado!

Em tempo: tive caso similar quando comprei um Corolla. Encontrei na época um fórum criado por um sujeito que indicava muito determinada oficina. Não tive dúvida, levei o carro lá. O famoso mecânico (com muitas avaliações positivas também no Google) pediu para trocar o que precisava ser trocado e outras coisas que visivelmente não eram necessárias. Troquei o que pude trocar. O carro andou bem comigo durante quase três anos, até a perda total. Deixe de levar no tal especialista porque, além de um pouco mal humorado, metido a entendido, que não gostava muito de justificar suas posições, quando foi simplesmente arrumar um freio fez bobagem. Tive de levar o Corolla guinchado à oficina do tal sujeito (alguém já viu um Corolla guinchado por problema mecânico?). E pensem que o cara priorizou o reparo? Nada, tive que deixar o carro lá o dia todo, ir de 99 para meu trabalho, voltar de 99 para a oficina, perder tempo... Conclusão, hoje ando com um Corolla, também antiguinho (2007) quase igual ao outro, mas que o arruma é o mecânico que arrumou um Uno que me acompanhou por anos. Esse, ao contrário do "especialista", não inventa troca preventiva de sensor de oxigênio (sonda lâmbda), nem troca de válvula termostática, tendo o carro rodado 120.000 km, enfim, não indica coisas que nem a concessionária indicaria. E cobra metade do "especializado".

Em suma, se o cara é especializado, mas não pisa na bola nem "inventa" trocas desnecessárias, ok. Tem estrutura, sabemos que é mais caro do que o não especializado. Pagamos com gosto!

Mas o fato é que, seja com carro, automóvel ou qualquer outro produto, quando precisamos do serviço, é muito difícil achar múltiplas indicações e preços razoáveis... no outro fórum não tive sorte. Espero que aqui consiga.

EM TEMPO 2: O cara que criou o fórum do Corolla, da noite pro dia, simplesmente sumiu com o acesso e com as informações ali contidas, minhas postagens inclusive. Outra experiência que eu não gostaria de ter por aqui. Vida longa ao Relógios Mecânicos!

« Última modificação: 18 Outubro 2019 às 17:24:39 por flávio »

Offline igorschutz

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.660
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #1 Online: 17 Outubro 2019 às 00:08:41 »
Rapaz, que tamanho de mensagem... E o curioso é que, em se tratando de um tópico de apresentação, você... não se apresentou! Bom, segue a vida...

Você aborda muitos temas na sua mensagem. Penso, inclusive que ela deveria ser objeto de tópico próprio, a fim de facilitar a consulta a eventuais respostas às suas indagações.

Vamos por partes:

Durabilidade Omega X Orient: seu Omega, independente de qual seja e qual máquina o equipa, é uma porção de vezes mais refinado que seu Orient "de guerra". O japonês foi desenvolvido e construído para ser bruto mesmo, com acabamento pouco requintado e altas tolerâncias, ou seja, ele funciona até com areia dentro, mas funciona mal, mesmo quando era novo. Já o Omega é um produto de grande precisão e construção esmerada. Se bem cuidado, oferecerá boa capacidade cronométrica até hoje.
O Orient tem precisão estimada na casa dos 40 segundos diários, já o Omega fica próximo à precisão de um cronômetro (4 a 6 segundos diários). A diferença é muito grande!
Outra coisa: o Omega vivia na gaveta, o Orient vivia no braço. Relógios guardados parados muito tempo sofrem mais e param antes daqueles que são postos pra rodar, mesmo que sejam usados diariamente. Aliás, quase todo objeto mecânico que dependa de lubrificação sofre desse mesmo mal. Deixe um carro repleto de fluidos parado décadas em uma garagem e tente dar partida pra você ver o que acontece.

Aliás, fazendo analogia aos carros: um motor "Go Devil" que equipava os primeiros Jeeps Willys podia rodar com pouco óleo, combustível da pior qualidade, no meio de um lamaçal e ainda puxando uma carreta, mas era completamente ineficiente em termos de potência e consumo. Em contrapartida, o motor W16 do Bugatti Chiron, se você colocar um óleo um pouquinho mais grosso do que o especificado, é capaz de fundir os comandos na primeira acelerada. E aí, qual conclusão pode-se chegar sobre ambos os motores?

Enfim, o Omega claramente não é inferior ao Orient e tampouco é menos robusto ou tem vida útil menor. Ele é um produto mais sofisticado e exige, para tanto, manutenção mais sofisticada, porém lhe entregará resultados [muito] melhores do que o que você pode esperar do Orient.

Indicação de relojoeiro: falando por mim, eu só posso indicar relojoeiros dos quais conheço o trabalho e que passam pelo meu crivo. Já passei pela Watch Time (Autorizada Omega) e já passei pela Carpinobilis, a ambas tem minha aprovação. Também já passei por outros relojoeiros durante minha vida de colecionismo (quase 20 anos nessa estrada), mas, infelizmente, nenhum deixou saudade, então prefiro não cometer a deselegância de destratar o trabalho deles neste espaço depois de tanto tempo dos respectivos ocorridos.

Lamentavelmente, não conheço nenhum dos profissionais mencionados por você, então não posso avalizá-los, porém, o que posso lhe dizer com absoluta certeza é que QUALQUER relojoeiro que lhe passe um orçamento sem ao menos examinar com critério seu relógio (e isso inclui pegar o relógio na mão, ver com os olhos, abrir o fundo, olhar com uma lupa, passar num cronocomparador) ou é charlatão ou é mal profissional (se não na arte do ofício, ao menos na arte de tocar um negócio), pois ou ele vai te passar um valor muito acima do real, que cobrirá qualquer risco e você estará pagando por algo que não levará, ou ele vai te passar um valor abaixo do necessário pelo serviço e não vai executar o trabalho a contento, afinal, ele não estará sendo suficientemente remunerado por isso.

A grande vantagem de se fazer o serviço na Autorizada é que seu relógio voltará como ZERO, pronto para mais tantas décadas de vida, porém, infelizmente, a Autorizada, pelo próprio vínculo que possui com a marca, é obrigada a seguir as orientações desta, e, portanto, não pode oferecer serviços "parciais" com preços menores, então, diferentemente de um relojoeiro independente, eles não podem apenas dar uma "limpada" e uma "lubrificada" na máquina e cobrar "trezentão" por isso. A Autorizada é OBRIGADA a trocar a coroa, trocar a vedação, trocar ponteiros (em sendo o caso), trocar molas, trocar parafusos, trocar vidros, etc., e depois vão ajustar seu relógio aos padrões de fábrica, vão dar garantia de 1 ano, e, para isso vão cobrar não só a mão de obra, mas também as peças, que, por sua vez, são cotadas em francos suíços, e tem também o custo intrínseco dos aparelhos e ferramentas modernos e atualizados, que eles são obrigados a ter e usar em seu relógio, etc. Ou seja, não dá para comparar em custo com um relojoeiro com formação de 1980 (sem posteriores atualizações), com ferramentas de 1960, com Vibrograf B200 de 1950, que usa só dois tipos de óleo para tudo, que não troca molas, que recondiciona peças, que "veda" com silicone, etc. É um mundo de diferença, e muito do preço está nisso.

Portanto, escolha com sabedoria seu relojoeiro de confiança. Se seu relógio tem menor valor monetário e você não pode gastar o valor dele em uma [não tão simples] manutenção, ao menos procure um profissional que seja transparente e lhe explique com clareza tudo o que ele poderá fazer pelo seu relógio e lhe cobre um preço justo por isso. Pode ser mesmo que você não queira que seu relógio fique zero e que você quer só uma limpeza e lubrificação, para que ele funcione marromenos, mas melhor do que parado. Tem mercado para tudo! Eu mesmo tenho relógio velho sambado, que ponho no braço, uso só um dia, e nem vejo se ele tá atrasando, se está adiantando e quão preciso está, simplesmente porque não me importo. Também não teria coragem de levar numa super oficina fodida e pagar R$ 2 mil para arrumar meu cacareco, pois ele está longe de valer isso (monetária e sentimentalmente). Porém, se eu tivesse um relógio que fosse relíquia de família, que me lembrasse meu velho, eu procuraria levá-lo no melhor relojoeiro disponível para a grana que possuo e, depois disso, passaria a conservá-lo com cuidado.

Sumiço das suas postagens: esta versão do FRM está aí há 10 anos, e, creio, que enquanto o fmaia estiver vivo, vai querer mantê-lo ativo, então reze pela saúde dele.

Um abraço,

Igor




« Última modificação: 17 Outubro 2019 às 00:16:35 por igorschutz »
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Offline Alevian

  • Membro confirmado
  • *
  • Mensagens: 10
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #2 Online: 17 Outubro 2019 às 01:39:39 »
Obrigado pela atenção, Igor.

De fato, já tinha lido aqui sobre a diferença de precisão entre o Omega e o Orient.
Você chamou também atenção ao fato da maior robustez de um em relação ao outro. Realmente, propósitos diferentes.

Quanto a lembrar meu pai, ambos cumprem esse papel. E tenho lembranças dele mais ligadas a questões imateriais; exemplos, conselhos, vida bem vivida. Acho que se eu dissesse a ele que iria gastar R$2.000,00 para consertar um relógio, não aprovaria.

O que me deixou cabreiro no parecer da moça da Watch Time foi o fato de ter cogitado a questão da Suíça... acho que os brazucas dão conta e fugiu totalmente do "valor padrão" mencionado no site. Confesso que fiquei assustado!

De fato, o que procuro é que o relógio funcione, ainda que com 40 segundos diários de "diferença", como o Orient.

Interessante saber que com 20 anos e tendo recorrido a vários profissionais você está restrito aos dois citados ad nauseum (para usar uma expressão cara ao Adriano) aqui no forum. Talvez, para os que querem tudo de um relógio de luxo, realmente exista essa restrição, mas não me vejo nesse grupo.

Vou cotar então com os dois citados e com mais alguns (continuo aberto a outras boas indicações!). Algum bom profissional há de restabecer o funcionamento do reloginho a contento.

Oremos por isso e pela saúde do Flavio e de todos os que aqui colaboram.


« Última modificação: 17 Outubro 2019 às 01:42:10 por Alevian »

Offline igorschutz

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.660
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #3 Online: 17 Outubro 2019 às 10:03:05 »
Você chamou também atenção ao fato da maior robustez de um em relação ao outro. Realmente, propósitos diferentes.

Pelo contrário, eu mencionei expressamente que o Omega NÃO é menos robusto que o Orient, e sim que, em se tratando de máquinas diferentes níveis de qualidade, exigem cuidados diferentes, e que a forma como ambos foram utilizados (um na gaveta, outro no braço) levou a estarem como hoje se apresentam.


Interessante saber que com 20 anos e tendo recorrido a vários profissionais você está restrito aos dois citados ad nauseum (para usar uma expressão cara ao Adriano) aqui no forum.

Relação com relojoeiro é igual casamento, filho, etc. É só sentindo na pele para saber como é.
Já tomei muita paulada nessa minha caminhada. Dos dois retromencionados ainda não tomei (e acho que não tomarei, pois reputo-os sérios), por isso é o que posso recomendar.

Espero que você encontre um profissional, se não tão qualificado ou bem equipado, ao menos não seja trambiqueiro (uma infeliz realidade). E se encontrá-lo, por favor, indique-os aqui, para que os demais foristas tenham alternativas para levar aqueles reloginhos mais simples e baratos.

Boa sorte!
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Offline Adriano

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 6.267
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #4 Online: 17 Outubro 2019 às 12:08:37 »
...

O que me deixou cabreiro no parecer da moça da Watch Time foi o fato de ter cogitado a questão da Suíça... acho que os brazucas dão conta e fugiu totalmente do "valor padrão" mencionado no site. Confesso que fiquei assustado!

...

A atendente certamente fez o que estava ao alcance dela: informar com transparência uma estimativa, ou média, ou mínimos e máximos, do quanto uma manutenção desse tipo pode custar, mesmo sem ter praticamente nenhuma informação de calibre se trata, qual o defeito, qual a referência do relógio, qual a idade exata... E mais, com o detalhe de que ela não é um relojoeira, e nem mesmo uma técnica. Até onde eu conheço a média do mercado, esse nível de informação que a Watch Time passa, por telefone, é muito superior, e melhor, do que a de todos os concorrentes, cuja prática, até onde eu seu, é não responder absolutamente nada e apenas dizer que só passam qualquer informação tendo o relógio em mãos (algumas, inclusive, mediante um agendamento bastante burocrático).

Quanto ao relógio ser consertado localmente ou na Suíça, não é uma questão de capacidade de fazê-lo ou não, mas sim de obediência aos protocolos da marca, algo que as autorizadas têm obrigação contratual de seguir. Há casos em que pode-se necessitar de peças, que ainda existem, mas que são restritas ao uso interno da Omega e não são fornecidas sob nenhuma hipótese a nenhuma autorizada do mundo, o que inclui a Watch Time. É isso ser necessário com relógios mecânicos (muito mais comuns com relógios a quartzo obsoletos), mas acho que, mediante a informação de que o relógio é antigo, a atendente fez o correto de informar que isso é uma possibilidade. A intenção não é assustar, mas demonstrar transparência.

PS: os preços no site da Omega são os valores de base e incluem apenas alguns componentes, e em algumas condições. Componentes extras são cobrados a parte. Por isso o valor ali deve ser interpretado como "a partir de".

Abs.,

Adriano

Offline Alevian

  • Membro confirmado
  • *
  • Mensagens: 10
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #5 Online: 17 Outubro 2019 às 13:57:13 »
Obrigado, Adriano, pela atenção dispensada e esclarecimentos.
Continuo com a esperança de que apenas a limpeza possa resolver o problema.
Imaginava que, nos R$2030,00 estivesse incluso, pelo menos, uma nova coroa e uma nova pulseira de couro, além

« Última modificação: 17 Outubro 2019 às 14:00:29 por Alevian »

Offline fbmj

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.202
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #6 Online: 17 Outubro 2019 às 14:46:53 »
Obrigado, Adriano, pela atenção dispensada e esclarecimentos.
Continuo com a esperança de que apenas a limpeza possa resolver o problema.
Imaginava que, nos R$2030,00 estivesse incluso, pelo menos, uma nova coroa e uma nova pulseira de couro, além

Hehe, uma pulseira de couro da Omega no mercado paralelo custa mais de 1000 reais. A coroa quero nem imaginar o preço na autorizada. Revisão em autorizada para relógios de custo intermediário só valem a pena se você tiver muito apego ao relógio e tiver a intenção de nunca vendê-lo.

Offline Adriano

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 6.267
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #7 Online: 17 Outubro 2019 às 15:13:07 »
Coroas em aço, titânio ou folheadas, no caso da Omega, são inclusas no preço da revisão. Coroas em metais preciosos, cerâmica ou detalhes especiais são cobradas a parte. E mesmo assim normalmente são muuuuuuito mais baratas que a pulseira mais barata.

Abs.,

Adriano

Offline automatic

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.623
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #8 Online: 17 Outubro 2019 às 15:15:51 »
Alevian, poste uma foto do relógio para matar a nossa curiosidade !

Offline igorschutz

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.660
  • Santo Anjo do Senhor de piroquinha
    • Ver perfil
    • http://igorschutz.blogspot.com/
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #9 Online: 17 Outubro 2019 às 15:23:13 »
O preço das peças não segue uma lógica e é determinada por uma tabela de preços que vem da Suíça.

Peguemos um Omega X-33 como exemplo:



Essa coroa aí, de 2ª geração, que é uma peça relativamente complexa de se fazer, toda usinada, em titânio, custa uns R$ 200*.

Já um fecho fivela em aço, simplão de tudo, que é uma peça estampada de qualidade igual ou inferior a de muitas pulseiras de marca genérica (Hirsch, etc), custa uns R$ 700*.

*os preços podem não estar exatos, mas a proporção é por aí mesmo.

Então a coroa na Autorizada nem é tão cara assim, pois é uma peça subsidiada e, dependendo do serviço (revisão completa, por exemplo), já vem embutida no preço. Já a pulseira de couro é considerado um acessório, e não tem subsídio algum, então é o preço cheio, em CHF.
Opinião é como bunda: todos têm a sua. Você dá se quiser.
Opinião é como bunda: você dá a sua e eu meto o pau.

NÃO ACREDITE NO QUE 'FALAM' AQUI, ESTUDE BEM E TIRE SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES

Offline fbmj

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.202
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #10 Online: 17 Outubro 2019 às 16:49:18 »
Coroas em aço, titânio ou folheadas, no caso da Omega, são inclusas no preço da revisão. Coroas em metais preciosos, cerâmica ou detalhes especiais são cobradas a parte. E mesmo assim normalmente são muuuuuuito mais baratas que a pulseira mais barata.

Abs.,

Adriano

Menos mal. Aproveitando o espaço, quanto custa uma revisão de um Omega vintage em aço, incluindo polimento na watchtime? Na Rolex é a partir de 5000 reais...
« Última modificação: 17 Outubro 2019 às 16:53:38 por fbmj »

Offline Adriano

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 6.267
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #11 Online: 17 Outubro 2019 às 16:59:53 »
Polimento é sempre cortesia mediante manutenção completa. Dependo do calibre, o preço base, para modelos mecânicos em aço, pode ir de R$ 1.720,00 a R$ 2.350,00 se for sem cronógrafo, ou a partir de R$ 2.350,00 até "sob consulta" se for cronógrafo. Juntas, coroa (se for aço ou folheada), vidro (se for acrílico) e pequenas peças de mecanismo (corda, um ou outro parafuso), estão inclusos.

Abs.,

Adriano

Offline fbmj

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.202
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #12 Online: 17 Outubro 2019 às 18:33:53 »
Polimento é sempre cortesia mediante manutenção completa. Dependo do calibre, o preço base, para modelos mecânicos em aço, pode ir de R$ 1.720,00 a R$ 2.350,00 se for sem cronógrafo, ou a partir de R$ 2.350,00 até "sob consulta" se for cronógrafo. Juntas, coroa (se for aço ou folheada), vidro (se for acrílico) e pequenas peças de mecanismo (corda, um ou outro parafuso), estão inclusos.

Abs.,

Adriano

Bem mais em conta. Obrigado.

Offline Alevian

  • Membro confirmado
  • *
  • Mensagens: 10
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #13 Online: 17 Outubro 2019 às 20:40:08 »
Automatic e demais prezados,

Seguem as fotos...

Offline Paulo Sergio

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 3.719
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #14 Online: 17 Outubro 2019 às 20:50:29 »
Não existe um tópico de apresentação fixo, no "Fórum Principal" ??? ??? ???
Só para constar...      :-\ :-\ :-\ :-\ :-\
Abraço
Paulo Sergio

Offline automatic

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.623
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #15 Online: 18 Outubro 2019 às 16:16:11 »
Um belo vintage e está com mostrador muito bom.

Offline Alevian

  • Membro confirmado
  • *
  • Mensagens: 10
    • Ver perfil
Re:APRESENTAÇÃO
« Resposta #16 Online: 18 Outubro 2019 às 16:50:23 »
Sim, como eu disse. Foram quarenta anos, mas pouquíssimas horas de uso.

Agora é arrumar um lugar bom para botá-lo para funcionar bem, sem ter que dar meu rim em troca. Sigo com minha pesquisa...

Acho que vou levar naquela Carpinobilis amanhã. Ver quanto cobram. Liguei lá, a moça disse que precisa de uma semana para orçar...ok. Não cobra pelo orçamento. Bom!

Ops.. vi agora New Look Time. Orça na hora, se for coisa simples. Vou antes da Carpinobilis! Quem sabe...
« Última modificação: 18 Outubro 2019 às 17:22:36 por Alevian »

Offline dr.alexneuro

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.860
    • Ver perfil
Re:Apresentação e algumas perguntas sobre preços e o que é realizado em revisões
« Resposta #17 Online: 18 Outubro 2019 às 18:11:03 »
Eu fico muito orgulhoso e feliz em saber que estou, mesmo que virtualmente, perto de pessoas tão educadas gentis e disponíveis em ajudar quanto aos colegas que respondem este tópico, especialmente o Igor e Adriano.. Nos tempos de “foda-se que vou seguir meu rumo” que vivemos hoje estas prontas—respostas valem mais que os valores de revisão citados.. e não há motivo algum pra desconsiderar 20 anos de experiência no meio e tantas frustrações e sucessos nos entregue de mãos beijadas.. o joio já está separado do trigo de bandeja pra gente.. aproveitemos!
Parabéns pelo relógio, pela história.. aproveite pra na revisão trocar a fivela da pulseira que eh em aço e merece ser trocada por uma de ouro, combinando com o relógio..



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk Pro

Offline dr.alexneuro

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.860
    • Ver perfil
Re:Apresentação e algumas perguntas sobre preços e o que é realizado em revisões
« Resposta #18 Online: 18 Outubro 2019 às 18:20:05 »
Os tempos mudaram.. como em outro tópico está sendo discutido, a brincadeira não eh mais pra adolescentes, eh pra adultos ricos..
segue último orçamento q recebi:



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk Pro

Offline dr.alexneuro

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.860
    • Ver perfil
Re:Apresentação e algumas perguntas sobre preços e o que é realizado em revisões
« Resposta #19 Online: 18 Outubro 2019 às 18:26:51 »
Em cima do que o Adriano falou eu lembrei de uma grande dificuldade que tenho: treinar o vocabulário e as explicações do pessoal da recepção lá na clínica.. são recepcionistas sem competência técnica mas que são cobrados como se tivessem.. e a clínica leva a culpa.. fazemos exames, muitos exames, de diversos tipos e pra diversas patologias, pra diversas especialidades.. colegas pedem exames de todo jeito, escrevendo coisas sem sentido, tenho q todo dia diversas vezes socorrer o pessoal da recepção tirando dúvidas.. toda vez q oriento algo tenho mais medo do q ocorre nas vezes q não oriento, rsrs


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk Pro