Autor Tópico: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.  (Lida 18901 vezes)

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.495
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #40 Online: 14 Novembro 2011 às 18:32:23 »
Continuando com alguns exemplo, eis o Revue Thommen Cricket cuja história já é conhecida. Comprei-o em Kuala Lumpur (veio de lá), acho que no ano 2000 (foi fabricado em 1997), sendo que um ano depois o troquei por um Zenith, sob a condição que o compraria de volta quando ganhasse algum dinheiro. O comprador não manteve a promessa, esse troço rodou nas mãos de várias pessoas, e lá pelas tantas, retornou para mim, que o recomprei mais caro do que havia pago. E me deu um trabalho...Consegui diretamente com a RT, na "lábia" e de forma rápida (uma semana), peças que precisavam ser trocadas no movimento: mola do alarme, tirete e trava do alarme. Os ponteiros estavam oxidados, mandei refolhear a ródio, não achei que ficou bom. Há uns dois meses mandei para revisão novamente, para colocar o troço como era quando novo, revisão completa, colocação da mola do alarme (o antigo relojoeiro havia fabricado uma, pois depois que fechou o relógio é que recebi a peça, vieram em duas correspondências) e restauração dos ponteiros. Este relógio, antes de ser enviado para a revisão, fazia um barulho junto com o "tic tac", nhec, nhec, que já ouvira em relógios mais usados, acho que quem já ouviu vai se lembrar.
Enfim, em e mail enviado para a RT na época eles juraram de pé junto que esses calibres eram novos, mas eu nunca acreditei, sobretudo porque possuem o escrito MSR neles (a holding Vulcain, Revue e Thommen, até os anos 70). Ademais, poucos Crickets foram fabricados pela RT, e todos no ano de 1997. Para mim, são movimentos NOS colocados em uma caixa. São relógios que, em um Ebay da vida, podem ser comprados por preço razoável, muito menos do que a Vulcain cobra atualmente pelo seus modelos. Sim, a caixa e bracelente não possuem frescuras. Mas gosto do relógio, para mim tem valor sentimental e, só quem já ouviu um Cricket tocar sabe que TODOS os outros relógios com despertador são, como diria meu irmão, "coisa de bichinha". Eu tenho medo deste relógio, medo de ele despertar e eu morrer de infarto. Chega a ser exagerado o volume do troço. Mas enfim, desta vez ele voltou da revisão sem o barulho nhec nhec, visualmente perfeito (possui uma pequena marquinha de oxidação, pouco visível mesmo, é que sou detalhista, no mostrador), acho que dou um 8.5 para ele fácil.

Porém, mesmo revisado, o boletim de marcha se mostrou um tanto quanto bizarro e, mais uma vez, peço a ajuda dos profissas para intepretá-lo.

Inicialmente, observa-se que a amplitude nas posições horizontais está altíssima, o que poderia, pelo menos em tese, levar o relógio a bater pino. Como assim? O arco de giro está completo. Se lembrarem do desenho de um escapamento, o rubi de impulso poderia girar tudo e bater na parte de fora da forquilha da levee. Isso não só pode quebrar o rubi de impulso como causar um adiantamento absurdo no relógio.

O que estaria causando isso? Não sei...Esse movimento é uma verdadeira peça de museu, projetado nos idos dos anos 30, produção iniciada nos anos 40, uma velharia, bate a 18000 bph. Será que estaria ele com uma corda trocada, desde a fábrica, mais "forte" do que na época que foi lançado? Não sei. Há um outro dado também. Por projeto, sei que esses movimentos possuem diminuto atrito nas posições horizontais, porque as suas contra-pedras possuem um sistema, chamado exactomatic, onde o pivô se apoia sobre um rubi piramidal, com superfície de contato reduzida. O projeto visa melhor performance nas posições, justamente por reduzir o atrito que discuti acima.

Será que os pivôs estariam girando com tão pouco atrito que a amplitude estaria alta? Também não sei...

Será que esse boletim de marcha foi tirado logo após a revisão, sem que o lubrificante se assentasse no local? Não sei...

Fato é que, apesar de tudo isso e de uma aplitude exagerada, ele está até bem razoável, apresentando +5 em uma posição, 0 na outra, o ideal seria estarem iguais, mas até 5 segundos, em um relógio de boa qualidade, está razoável (e esse relógio, volto a repetir, usa um movimento de museu...).

A segunda posição mais importante, coroa para baixo, está bem semelhante a mostrador para cima, o que é bom, muito embora já possamos chutar que o relógio adiantaria alguma coisa no uso normal. A amplitude caiu o que deveria cair, mas é o que deveria se encontrar em uma horizontal, não vertical!

Nas demais posições, há uma diferença entre máxima e mínima que chega quase a 11 segundos. Razoável, bem razoável, mas isso já impediria o relógio de alcançar parâmetros do COSC. A abertura do escapamento (a diferença de tempo que existe entre um "tic e um toc"), na posição coroa para cima, está a 0.5 milisegundos, o que é considerado o máximo em um relógio de excelente qualidade. Comparada com as demais, não está tão discrepante, acho que é uma questão de qualidade do movimento (e projeto!).

No final, o relógio não está um "Ebel Type E" na performance, mas funcionando bem legal.

O que não entendi foram as altas amplitudes que, diga-se, terão tendência, a partir de agora, a diminuir, em virtude da deterioração do lubrificante. Acho que se eu colocasse o relógio hoje no timer, ele apresentaria uma performance melhor.

Eis o boletim:






Flávio


Offline aguiar

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.281
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #41 Online: 14 Novembro 2011 às 19:46:55 »
Acho que não Flávio, não precisa estar tão deformada assim. Basta ter uma deformação que provoque um desbalanceamento para que a marcha varie tanto memso sem variação de amplitude. Pode haver desbalanceamento no balanço também. Aí é uma análise que só ao vivo mesmo.

Sobre as letras, o H e o V é de horizontal e vertical, e a segunda letra é H de haute (para cima), B de basse (para baixo), e G de gauche (para a esquerda). E se for testado em 6 posições vai aparecer um VD, sendo D de droit (para a direita).

A tempo: o resultado do Ebel ficou excepcional.

Abraços!

Adriano

             Adriano, seria caso para levar à assistência ou pode não ser nada . Ele fez revisão a aprox. 1 ano.

                               Abç

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.495
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #42 Online: 14 Novembro 2011 às 20:11:17 »
De modo algum, seu relógio está excelente!

Flávio

Offline aguiar

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.281
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #43 Online: 14 Novembro 2011 às 21:28:37 »
                 Obrigado Flávio, em tempo parabéns pelos resultados do Ebel.

                    Abç

                       

Offline Mario_Fpolis

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.216
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #44 Online: 14 Novembro 2011 às 23:14:42 »
Flávio,

Obrigado por teus comentários, tem sido verdadeiras aulas!

Estás com tempo, é? Tás com poucos júris?

A história deste teu RT é surreal, e o relógio é muito bonito, muito bonito mesmo!

Abraços do Mário
Amplexos do Mário

Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.495
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #45 Online: 14 Novembro 2011 às 23:28:46 »
Mário

Na verdade não, este mês terei 5 júris, já fiz 3, só faltam dois. O último foi sexta feira, dois réus, começou 7 e meia da matina, foi até 9 da noite, 13 anos qualificado para um, 9 anos qualificado para outro.

É que hoje trabalhei em casa, tive uma audiência como testemunha no plano piloto, não fui ao trampo.

Mas resolvi desenterrar este tópico após um sonho, acredite se quiser!

Cara, na verdade tenho lido muitos artigos de revista, mas livro técnico, não...Mas voltarei em breve. O próximo que vou ler será o último da trilogia sobre reguladores de precisão. Eu li os dois primeiros em uma sentada, aí ficou faltando o último. Vou ler em breve.

O Cricket é um relógio muito legal, tenho procurado usá-lo mais com terno, está tão polido que fico até com dó de arranhar!  :D



Flávio

Offline jobasa

  • Membro ativo
  • **
  • Mensagens: 58
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #46 Online: 16 Novembro 2011 às 10:07:22 »

.... Nas verticais, a tendência do relógio é perder amplitude, pelo maior atrito do pivô com o rubi, que no caso das posições horizontais, ocorre apenas na "pontinha". E a tendência, com menor amplitude, é o relógio adiantar, porque cada tic e tac ocorrerá em um tempo menor. Claro, o projeto busca que o relógio seja absolutamente isócrono, mas isso é utopia.




Flávio

     Pelo que percebi ,  com a Rolex (ou pelo menos alguns movimentos Rolex) , a situação pode ser oposta . Na horizontal  adianta-se, e atrasa-se  na vertical. Vide o folhetinho verde da Rolex mesmo , já bem conhecido por sinal : -  
   http://www.rolexforums.com/showthread.php?t=8478

  [ ] s







Offline flávio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.495
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #47 Online: 16 Novembro 2011 às 11:01:37 »
Questão de ajuste. A física envolvida no troço diz justamente o contrário: maior área de contato entre pivôs, menor amplitude, maior adiantamento. Mas, como disse, isso é o "normal", o ajuste pode alterar isso.


Flávio

Offline kroiden

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 364
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #48 Online: 17 Novembro 2011 às 10:40:41 »
Este tópico é uma verdadeira aula!
Obrigado por compartilharem tanto conhecimento.

Offline Bernardo

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 280
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #49 Online: 17 Dezembro 2011 às 11:34:17 »
Para ilustrar o tópico, o boletim de marcha de um Seiko KS, recentemente revisado na Watch Time. O relógio foi produzido no início dos anos 70 e, no uso diário, tem feito cerca de + 2s/dia:





Abs,


 

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.728
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #50 Online: 24 Março 2012 às 11:00:54 »
Desde o final do ano passado eu tenho dado um trato na coleção, parei de comprar relógios novos, e tenho revisado e comprados pulseiras de qualidade para os meus relojinhos...

Dentre eles, decidi mandar o Tissot Janeiro, o Heuer reed 1964, Auguste Raymond e Longines para uma revisão realmente By the Book, para deixar os relógios como novos.

Seguem os boletins de marcha:

Primeiro do Longines:

Achei que antes da revisão já estava bom para um relógio antigo, depois da revisão, está melhor que muito relógio novo.

Tissot Janeiro:


Certificado COSC de 1996:


Melhorou bem e a regulagem que estava atrazando passou a ficar tudo adiantando, além de uma boa melhorada na amplitude. Ainda comprei uma Morellato Donatello, que é a pulseira mais parecida com a original que encontrei (e olha que eu procurei muito uma pulseira que substituísse bem a antiga) eu achei interessanet que os tamanhos são : lug 20 e fecho 16, o que deixou o relógio super elegante.

Heuer Carrera:


Fiu trocada a corda, o que melhorou a amplitude, e o ajuste está muito bom

Auguste Raymond:


Tanto antes como depois o resultado está muito bom, a regulagem melhorou muito, a caixa possuía algumas marcas de batida que saíram com o polimento, deixando o relógio 100%







POr fim, quero deixar o Agradecimento ao Adriano e à Watch Time pelo cuidado que tiveram com os meus relógios, o que posso dizer é que voltaram realmente novos!!! Missão Cumprida com sucesso!!!

« Última modificação: 24 Março 2012 às 11:19:23 por michelim »
“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”

Online Adriano

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 6.267
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #51 Online: 24 Março 2012 às 17:38:36 »
Nem há o que agradecer! É só nosso trabalho!

Sobre o Seiko KS do Bernando, realmente impressionante. Mesmo eu sabendo da qualidade do relógio, ainda me impressiono de ver como relógio desse idade, quando não abusado por mal uso e más manutenções, pode manter sua qualidade de precisão por décadas. Marcha média de menos de 4s/dia e delta menor que 6, é de tirar o chapéu para qualquer relógio.

Quando aos relógios do amigo Mich, notem o Longines, equipado com Valjoux 72, que beleza de resultado.

Aproveito para mostrar, ainda, o resultado da marcha do meu Seamaster 300, de 1968, com calibre 552. Eu mesmo não esperava que o resultado fosse tão bom. Aliás, isso não é raro de acontecer em calibre 5xx da Omega. Já vi Constellation de quase 50 anos de idade sair cronômetro da revisão.



Abraços!

Adriano


Offline - STR -

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.137
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #52 Online: 28 Março 2012 às 20:14:56 »
Amigos,

Aproveitando o encejo... dos Boletins de Marcha...

Essa semana falando com meu grande amigo ZÉ pelo telefone... ele comentou sobre esse boletim de marcha... tá meio apagadinho mas ainda dá para ler...

Estou com o danado do relógio no uso... e parece que ele continua com o mesmo "folêgo" rs...

Acabei achando no meio dos documentos... as pessoas que leram os posts do antigo forum ou conhecem e o relógio provavelmente vão lembrar...



Grande abraço a todos

Rodrigo STR ;D
« Última modificação: 28 Março 2012 às 20:17:31 por - STR - »

"O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, mas sim por àquelas que permitem a maldade." - Albert Einstein

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.728
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #53 Online: 23 Abril 2012 às 21:50:45 »
Amigos,

Aproveitando o encejo... dos Boletins de Marcha...

Essa semana falando com meu grande amigo ZÉ pelo telefone... ele comentou sobre esse boletim de marcha... tá meio apagadinho mas ainda dá para ler...

Estou com o danado do relógio no uso... e parece que ele continua com o mesmo "folêgo" rs...

Acabei achando no meio dos documentos... as pessoas que leram os posts do antigo forum ou conhecem e o relógio provavelmente vão lembrar...



Grande abraço a todos

Rodrigo STR ;D

Rodrigo, este é o boletim de qual relógio?
“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”

Offline - STR -

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.137
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #54 Online: 14 Maio 2012 às 18:36:16 »
Michelin,

Desculpe a demora em responder, não tinha visto sua pergunta!!
Esse boletim é de um Seiko Marinemaster!! Olha ele ai embaixo



Grande abraço

Rodrigo STR

"O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, mas sim por àquelas que permitem a maldade." - Albert Einstein

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.728
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #55 Online: 14 Maio 2012 às 19:45:58 »
Obrigado! Muito bacana o relógio, e fantástico o boletim!
“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”

Offline - STR -

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.137
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #56 Online: 14 Maio 2012 às 20:34:00 »
Obrigado! Muito bacana o relógio, e fantástico o boletim!

Michelin

Na época que o relogio passou pelo teste não era meu, mas quem testou ele na ocasião foi o Adriano.

Ah, peço desculpas não ter respondido sua MP sobre as férias, mas aquele lugar e tudo de bom!!!

Grande abraço

Rodrigo STR
« Última modificação: 14 Maio 2012 às 20:37:18 por - STR - »

"O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, mas sim por àquelas que permitem a maldade." - Albert Einstein

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.728
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #57 Online: 14 Maio 2012 às 21:11:27 »
Obrigado! Muito bacana o relógio, e fantástico o boletim!

Michelin

Na época que o relogio passou pelo teste não era meu, mas quem testou ele na ocasião foi o Adriano.

Ah, peço desculpas não ter respondido sua MP sobre as férias, mas aquele lugar e tudo de bom!!!

Grande abraço

Rodrigo STR


caro STR, as férias foram ótimas!!! Adorei o hotel!

Quanto ao relógio, quando tiver um tempinho, faça um review, acho que este merece!

“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”

Online Adriano

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 6.267
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #58 Online: 30 Maio 2012 às 19:25:31 »
Este é um boletim para "aquilo" cair "daquele lugar"...

Omega Seamaster PloProf moderno, calibre 8500A... Nem é o "B" com espiral de silício...





Abraços!

Adriano

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.728
    • Ver perfil
Re: Como analisar um boletim de marcha?Vários questionamentos.
« Resposta #59 Online: 31 Maio 2012 às 09:57:59 »
Este é um boletim para "aquilo" cair "daquele lugar"...

Omega Seamaster PloProf moderno, calibre 8500A... Nem é o "B" com espiral de silício...





Abraços!

Adriano

Esse é pra deixar relógio quartz com inveja!
“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”