Mercado de luxo: como você se identifica?

  • 45 Respostas
  • 12063 Visualizações
*

Offline CSM

  • *****
  • 4.668
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #20 Online: 16 Abril 2014 às 18:47:09 »
Hahaha boa adriano... A questao do seadweller.

Abracos
Membro do RedBarBrazil

Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #21 Online: 16 Abril 2014 às 19:16:32 »
Na minha opinião, num primeiro momento, tudo tem a ver com a funcionalidade da coisa...

Se a moral da história é ir do ponto A ao ponto B, qualquer coisa que custe mais que um Gol pode ser considerado luxo...

Se considerarmos que o o relógio serve pra marcar as horas, tudo o que custar mais que um skx pode ser considerado luxo também....

Usar algo caro (que seja um carro ou um relógio), seja você um conhecedor ou não, simplesmente pro seu deleite pessoal, sem usar isso ou aquilo pra ofender, provocar ou menosprezar outrem, e que isso não te prive de outras necessidades mais básicas, não pode ser considerado luxo!

Agora usar algo caro pra se sentir ou ser inserido em qualquer "clube" que seja, na minha opinião, é o cúmulo da falta de personalidade!

Abcs!

*

Offline aguiar

  • *****
  • 1.281
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #22 Online: 16 Abril 2014 às 22:25:50 »
Mas a Harley só é marca premium aqui no Brasil e em outros emergentes.

e é só em países emergentes que é "chique" ter jipão. aliás, meu irmão, que mora no canadá, tira um sarro danado do meu cunhado, que mora em curitiba e tem jipão.

sim, há o LUXO e o luxo. o primeiro é o exclusivo.  de fato acessível a muito poucos, e não basta ter dinheiro para acessá-lo, às vezes se exigem outros fatores. o segundo é mera afirmação de classe social.

interessante um outro post que mostrava que os aficionados por relógios têm 3 visões sobre o rolex: o newbie quer para afirmar  sua classe social (entrar para o clubinho), o já iniciado despreza justamente em razão dessa fixação do newbie e se volta pra outras marcas (por exemplo percebendo quem um skx007 entrega 1/2 rolex sub e custa 1/20, segundo afirmação do adriano num outro post antigo), e o ultra-mega-hiper conhecedor usa rolex pois é um relógio bom, bem feito  e durável.

luxo de verdade não necessariamente é o caro, é o raro. pra mim, por exemplo, é trabalhar no campo do direito e não ter que usar gravata, coisa que qualquer segurança de shopping ou pastor de igreja recém criada usa. ou não ter que ter celular, muito menos smartphone.


          Ogum, concordo na íntegra com a sua análise.

          Me lembrou um conhecido endinheirado que foi a New York ,para comprar uma obra de arte, de um grande nome  da arte contemporânea, Chegou no Soho, entrou na galeria nem perguntou o preço e falou ,vou levar esta obra, o galerista respondeu que não venderia a obra para ela , ele insistiu ,tenho muito dinheiro, pago mais pela obra. O galerista explicou, não importa quanto vc tenha de dinheiro, eu vendo somente para quem eu acho que possa representar bem o artista, de preferência  museus , instituições ou grandes coleções. Ponto final

           Realmente só em país emergente é chique ter Jipão de 150.000 reais ou mais , soma-se 30% ao ano deste valor ,só em seguro , imposto, depreciação e custo de oportunidade. Precinho alto para entrar no clubinho.

            Luxo realmente é morar num predinho antigo assinado, sem garagem , ir ao trabalho a pé ,sair do trabalho pegar seu filho na escola tb a pé ou de bike e fazer um lanche com ele num gramado de uma praça arborizada ou parque num final de tarde.


                Abs

                  Abs
« Última modificação: 16 Abril 2014 às 23:21:55 por aguiar »

*

Offline Dicbetts

  • *****
  • 2.030
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #23 Online: 17 Abril 2014 às 13:19:41 »
Na minha opinião, num primeiro momento, tudo tem a ver com a funcionalidade da coisa...

Se a moral da história é ir do ponto A ao ponto B, qualquer coisa que custe mais que um Gol pode ser considerado luxo...

Se considerarmos que o o relógio serve pra marcar as horas, tudo o que custar mais que um skx pode ser considerado luxo também....

Usar algo caro (que seja um carro ou um relógio), seja você um conhecedor ou não, simplesmente pro seu deleite pessoal, sem usar isso ou aquilo pra ofender, provocar ou menosprezar outrem, e que isso não te prive de outras necessidades mais básicas, não pode ser considerado luxo!

Agora usar algo caro pra se sentir ou ser inserido em qualquer "clube" que seja, na minha opinião, é o cúmulo da falta de personalidade!

Abcs!

Concordo em gênero, número e grau. Sobretudo a parte da "falta de personalidade".

Dic

*

Offline TUZ40

  • *****
  • 5.316
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #24 Online: 17 Abril 2014 às 13:51:25 »
Apesar de concordar com as afirmações dos colegas, creio que o interesse aqui, e o da matéria é focar em um mercado de BENS de luxo, e não na nossa concepção do que é um luxo, senão vamos cair nas mesma afirmações de sempre, "luxo é não dever satisfação a ninguém", "luxo é qualidade de vida", "luxo é usar lux luxo", etc...

[youtube=425,350]CS3NvNppBek[/youtube]
« Última modificação: 17 Abril 2014 às 13:57:42 por Schütz »
"All your base are belong to us"

*

Offline ogum777

  • *****
  • 1.060
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #25 Online: 17 Abril 2014 às 14:21:05 »
Exato, muitos donos de Harley, por exemplo, andam virando o nariz para a marca porque muitas motos de entrada estão povoando as ruas. E o Brasil é um dos mercados mais interessantes para a marca...

Tendo em vista que, as HD mais vendidas no país são as V-ROD e FatBoy. Que não são os modelos mais baratos. Na questão da Harley, acho que o buraco é um pouquinho mais abaixo:

1) Não é de hoje que a fabrica HD está desgostando seus fiéis seguidores (não só no Brazil). As V-ROD, projeto Rushmore, HD 500 e 750cc são todas consideradas heréticas aos Harleyros "de verdade". Mas isso não explica o que ocorre hoje no Brasil com as HD.

2) Aqui, pelo Custo Brasil, Harley é sinonimo de luxo. E luxo aqui é ter para ostentar.

Aí, vejamos quem ostenta uma HD nas rodovias: tiozão de 40~60 anos que compra uma HD para passear no FDS com ela toda limpinha, e a leva ela de carretinha para algum encontro de moto.

Chegando lá, o tiozão, que se achava pimpão em cima da HD é ignorado pelos Riders de verdade, pois possui uma HD somente para se exibir.  Rider "de verdade" prefere conversar com dono de uma CG que já rodou ida e volta à lua, do que com proprietário de HD que só sai com ela para ir na padaria, no FDS.
Aí só resta ao tio Pimpão vender a HD, ou deixá-la na garagem, para no futuro um sobrinho herdar a mesma, isso porque ele quis entrar num clube que não o aceita.

Por isso, está existindo este descompasso, com a Hd no Brasil.

3) HD é Mito, e não Moto. O cara compra uma achando que vai ter o mesmo conforto que tem na sua BMW. Quando na verdade o treme-treme é para quem tem Iron Butt.



hehehe, isso me lembrou um fato ocorrido ano passado. eu fazia uma viagem de bike, de sp a parati via sul de minas (3 dias, uma foto da bike carregada abaixo), no primeiro dia subi de sp a sapucaí-mirim, no segundo fui de sapucaí-mirim a guaratinguetá, e no terceiro dia, estiquei de guaratinguetá a parati. (uma noite em cada estado).

entre guaratinguetá e cunha, eu, com a bicicleta da foto abaixo, paro num local pra tirar fotos. param 3 grandes motos - duas HD e uma triumph. eles faziam o percurso inverso, de cunha a guartinguetá.

e também tiravam fotos, puxaram conversa ao ver minha bike, perguntaram do percurso e etc, e eu contando, e um deles solta essa:

- ca.....lho! e eu gastei uma grana pra comprar essa p... (apontando pra HD) pra ficar me achando machão... (e dando risada). é isso que dá, a gente vai chegando perto dos 40 e entra em crise por causa da idade! é, se eu fosse mais moço que tem tu eu tava nessa! é, filho, já tô na fase do viagra! (e os colegas dando risada). hardey-davidson é para os fracos! (continuou ele)

eu ri apenas, concordei e logo parti.não contei que tava com 43 anos naquela viagem. e que em ubatuba ia encontrar uma senhorita que pedala ainda mais que eu.

o fato é que pessoas compram, no mais das vezes, marca, o que vem junto com ela, a afirmação de status, ou o que pensam que vai ser a sensação de usar o produto. o produto em si pouca gente compra. bom, escalador não liga pra marketing de corda, né? nem pra pós-venda e blaláblá. ou a corda é boa ou ele morreu.

os fatores objetivos relativos ao produto valem em qualquer lugar. mas os subjetivos.... esses são localizados no tempo, na comunidade onde tá inserido o caboclo...

essa história do tiozão de mercedes AMG me lembrou uma certa socialite brasileira, que num programa de TV contou que em miami ela tinha uma ferrari, mas não era um carro lá muito cômodo pra fazer compras....

bom, a minha HD é essa aí:



em tempo, essa entrevista aqui esclarece algumas coisas sobre mercado de luxo.

http://www.terra.com.br/istoe-temp/edicoes/2031/imprime104422.htm

*

Offline Dicbetts

  • *****
  • 2.030
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #26 Online: 17 Abril 2014 às 14:43:10 »
Graaaaaaaaaaaande Ataíde Patrese...

Grandes cenas: pilotando helicóptero, passando instruções ao leme do iate, tomando "champã" com dedo mínimo esticado, desfilando de calça branca impecável, pontificando no deck da lancha entre os convivas, pescando jacaré, com Pitanguy, com Wagner Canhedo (esse esteve preso!)...

Do mesmo nível que ele, só aquele inglês esquisito que desancou a TAG Heuer.

Dic

*

Offline TUZ40

  • *****
  • 5.316
  • FDP Audacioso
    • Ver perfil
    • NÃO CLIQUE!
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #27 Online: 17 Abril 2014 às 14:59:33 »
"Simplesmente um luxo!"


Luxo é usar as pulseirinhas que o Patrão tanto gosta, sem medo de ser alvo de chacota dos amigos. A turma de BSB esta querendo lançar moda aqui no Brasil.

Foto do ultimo encontro no Porção:
« Última modificação: 17 Abril 2014 às 15:03:24 por Schütz »
"All your base are belong to us"

*

Offline ogum777

  • *****
  • 1.060
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #28 Online: 17 Abril 2014 às 15:31:48 »
kkkkkkkkkkkkkk

*

Offline flávio

  • *****
  • 9.902
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #29 Online: 17 Abril 2014 às 23:31:08 »
Tenho ódio dessas pulseirinhas de contas! Ódio!

Ei, off topic aqui: o que te levou a comprar uma Surly? Essas bikes são desconhecidas até nos EUA! Eles fazem uns modelos em cromo bem bacanas e acessíveis.


Flávio

*

Offline Byron

  • *****
  • 661
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #30 Online: 18 Abril 2014 às 07:39:29 »
Vixe. Não posso ir comprar pão de motinha nem de relojão?
Que maçada. :-[

Ah, lembrei. Não posso mesmo, pois não tenho este por não encaixar o bicho no contexto; e aquela, por não ver contexto em que se encaixe.
" J'ai plus de souvenirs que si j'avais mille ans."  C. Baudelaire

Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #31 Online: 18 Abril 2014 às 13:12:18 »

O bacana é comprar usar e ser feliz, independente do que os Amigos do Guido Mondani pensam de mim.

meus dois cents......


Concordo, Grande Vinnie, felicidade sempre!!! Abraços BC :) :)
"Nunca se afaste de seus sonhos, pois se eles se forem, você continuará vivendo, mas terá deixado de existir". (Charles Chaplin)

*

Offline ogum777

  • *****
  • 1.060
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #32 Online: 18 Abril 2014 às 23:28:06 »
Tenho ódio dessas pulseirinhas de contas! Ódio!

Ei, off topic aqui: o que te levou a comprar uma Surly? Essas bikes são desconhecidas até nos EUA! Eles fazem uns modelos em cromo bem bacanas e acessíveis.


Flávio

bom, eu adoro quadros de cromo, e  long haul trucker é o melhor quadro de touring deles. essa é minha touring. é meio curtinha, poderia ser umtiquinhomaior o quador, mas dojeito que tá eu posso montar com guidão drop se eu quiser.

esse quadro, que é pra 26, aceita v-brake e cantis - com terminais, aceita alavanca de quadro se eu quiser, aceita rodas de até 2,1 pol + para-lamas, tem olhais para para-lamas e bagageiros separados - inclusive no garfo. e mais um zilhão de coisas, até um suporte no chain stay esquerdo pra levar raios de reserva. e todas as medidas são padrão (vc monta usando dura-ace ou xtr ou até com peças de bike de supermercado.. hehehehe).

melhor fuçar o site.

http://surlybikes.com/bikes/long_haul_trucker/frame_highlights

só sei que esse quadro é um tesão! hehehe

*

Offline Correia

  • *****
  • 1.767
  • VSF(Village St Fermín)
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #33 Online: 19 Abril 2014 às 19:48:55 »
Luxo é poder dizer isto:


Jogar tudo para o alto e sair andando, sem voltar 30 segundos depois para recolher.  ;D ;D ;D

Brincadeiras a parte, um item luxuoso para mim tem que ser de difícil acesso, e isso começa com o custo mesmo, podendo ser escalado quando existe ainda a imposição do fabricante daquele bem apenas poder ser vendido para determinadas pessoas, em função de histórico ou qualquer outro atributo.

Acho estranho a forma como o mercado de luxo se comporta hoje, com fabricantes hora "abrindo as pernas" para acomodar mais uma parcela de consumidores, ao lançar produtos que não condizem com o suposto estirpe da marca, ou então compradores que vão muito além de suas possibilidades ao adquirir itens e comprometendo todo o resto de seu orçamento apenas para poder também entrar na dança do consumismo desenfreado.

E realmente, é necessário saber separar o luxo do LUXO, porque nem mesmo as empresas hoje parecem saber se elas querem isto ou não. :)




É isso amigo Schutz, LUXO é, como os caros amigos dizem, ter bala na agulha ;D



Abraços!
Correia
Convém evitar 3 acidentes geométricos nesta vida : círculos viciosos, triângulos amorosos e bestas quadradas.

*

Offline Moriel

  • ***
  • 238
  • "A sorte acompanha os audazes"
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #34 Online: 19 Abril 2014 às 19:49:49 »
Concordo em parte com o artigo citado.  Cada caso tem que ser analisado individualmente.  Não acho pertinente comparar Rolex com Patek Philippe. Em qualquer parte do mundo, Rolex é sinônimo de precisão, bom gosto, etc..ou seja, de relógio. Patek Philippe já soa como uma jóia, algo que não foi feito para ser usado. Aqueles que compram relógios para status apenas, compram réplicas ou os "Armanis" a quartzo.  Acho curioso o fato da maioria das pessoas amantes dos relógios, possuírem vários Rolex, e nenhum Patek, sendo que no fim das contas, em se tratando de preço, vários Rolex saem mais caro que os Patek.  O valor agregado do Rolex ainda é maior, pelo visto.  E realmente, pouco importa se é LUXO ou luxo, isso é tudo teoria, e quem tem Rolex normalmente poderia ter Patek, quem tem Mercedes muitas vezes poderia ter outro carro (não RR, que aqui é inviável), quem tem HD pode ter outra moto, etc.....são questões de escolha.  Para mim, um Sub me empolga, mata a vontade de ter o relógio, combina com tudo, é lindo, e ainda marca as horas.  Um PP, é só um relógio.  Isso é apenas a minha opinião, é claro.

Abraços

Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #35 Online: 19 Abril 2014 às 22:25:44 »
"Rider", "mito", "iron butt"... motoqueiro esnobe detected......




Eu acho que aqui no Brasil deveria ter Entidade de Classe com prova e carteirinha pra tudo, assim acabava essa conversa.

Por exemplo: você é bacharel em Direito, fez a prova da OAB e passou, pronto, já é um advogado e ninguém pode contrariar este fato!

Assim, façamos uma Ordem do Harleiros. Quem passar na prova, vira harleiro e pode trocar idéia nos encontros. Quem não é, que procure sua turma, ou vai fazer cursinho...

Rolequeiro agora só com carteirinha da Ordem do Rolex do Brasil! Mas antes tem de passar cinco anos ininterruptos como membro da Ordem dos Entusiastas de Relojoaria, que é pra não ser confundindo com um newbie qualquer, que só quer ostentar.

Cara, não sei porque não tive essa idéia antes... ::)


 ;D ;D ;D ;D ;D

Muito bom Igor

eu mesmo não sendo newbie ( eu acho né, nem sei que caralho é isso ai de fato), não gostaria de ficar estudando pra pegar carteirinha de Rolex não, a ordem dos Entusiastas de Relojoaria as vezes é chata demais, prefiro usar o meu porque gosto dele e acho bonito e ponto final rsrsrsrsrs, até porque esse negocio de grupinho me dá no saco, seja de harley ( trabalho com o presidente sócio proprietário do grupo dos tiozinhos que compraram Harley pra achar que são as asas da liberdade, e dando merito a quem merece ele é bem feliz com a dele e adora TER uma) ou de Relogio ou de carro alemão, italiano , o raio que o parta.

O bacana é comprar usar e ser feliz, independente do que os Amigos do Guido Mondani pensam de mim.

meus dois cents......




Falou tudo.
''All we are is dust in the wind.''

Abraços da Watchgirl!

*

Alberto Ferreira

Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #36 Online: 22 Abril 2014 às 15:48:23 »
Pessoal...

Sem sarcasmo, ok?
No máximo uma "sadia" brincadeira.
 :-[  :D

Eu estou curtindo este tópico "paca´s",...
Bem...
Eu usei o termo aí acima (paca´s) talvez um tanto "vintage" demais para alguns  :D (e eu não vou dizer "pacarai" pra não passar uma ideia incorreta do que eu penso).
E nem tampouco passar, nem que de leve, uma imagem que possa parecer "ofensiva" a alguém, combinados?

Então, a saber...
Eu gostei das opiniões e, principalmente, das  defesas das "ideias".
Sério.
 ;)

Mas, certamente por falha minha, e eu tenho que admitir este ponto  ;), eu confesso não cheguei a nenhuma conclusão, quanto às definições...   ::)
 ;D

Mas, como talvez dissesse aquele "filosofo" dos nossos gramados...
Definir pra quê?
Né?
 ::)

Alberto

*

Offline joaoc

  • *****
  • 1.015
    • Ver perfil
Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #37 Online: 24 Abril 2014 às 19:22:29 »
Conhecem o ARCHIELUXURY no youtube?


Esse curte um "luxo"!  ;D

Tem um vídeo dele "se alimentando" que é de outro mundo, quase morri de tanto rir!

Abç

*

flavio

Re: Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #38 Online: 24 Abril 2014 às 19:34:25 »
Já foi discutido aqui. Ele tem um patek e uma verruga enorme na testa. Ha ha ha ha Flávio

Re: Mercado de luxo: como você se identifica?
« Resposta #39 Online: 25 Abril 2014 às 23:04:06 »
Conhecem o ARCHIELUXURY no youtube?


Esse curte um "luxo"!  ;D


Tem um vídeo dele "se alimentando" que é de outro mundo, quase morri de tanto rir!

Abç

Bom mesmo. ;D
FIQUEM  TODOS NA PAZ DE DEUS !!!!