Autor Tópico: Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos  (Lida 11825 vezes)

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 8.300
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #60 Online: 07 Novembro 2017 às 15:08:47 »
Mais uma vez retomo o assunto em virtude de excelentes fotos publicadas pelo SJX

A história é a seguinte. Nos anos 90, quando o Investicorp ainda era dono da Breguet, que depois foi comprada pelo Swatch Group, a marca era algo mais artesanal e de "fundo de quintal" do que é hoje. Aliás, do que não é hoje... Hoje a Breguet fabrica 40 mil relógios por ano, tem a manufatura Lemania à sua disposição (antes eles contratavam seus serviços) e todo know how do Swatch Group. Até os anos 90, a Breguet fabricava 4000 relógios ao ano, praticamente de forma artesanal. Não que a marca não use muito artesanato nos dias atuais, mas antes era de fato artesanal.

300 sets, consistentes em um calendário perpétuo com repetição de minutos e uma réplica dos Perpetuelle de Breguet foram vendidos durante todos os anos 90 e de vez em quando aparecem em leilões, esse abordado pelo SJX tem preço sugerido de 70 mil dólares (acredito que saia por mais...), o que é uma barganha: um calendário perpétuo da marca com repetição não custa isso hoje...

Mas o interessante aí é o relógio de bolso, que na época a Breguet subcontratava a construção, para ninguém mais do que Michel Parmigiani. Como se trata de um relógio de bolso, é fácil observar detalhes de acabamento, pois tudo muito grande (e com as fotos em macro do SJX...).

Prestem atenção, está tudo aí, do acabamento frosted dourado ao black polish das partes em aço, passando pelos chanfros em todas as superfícies, com vários ângulos internos. Coisa de primeira...

Mas o melhor é a comparação com a última foto: um Perpetuelle original, do próprio Breguet. Na época de Breguet, não havia máquinas de corte, tornos, etc, tão precisos como nos anos de 1990. É certo que Breguet ditou o estilo e padrão do que era um relógio top de linha no século 18 e início do 19, sendo copiado até hoje. Mas... Uma coisa é certa: o Breguet feito pelo Parmigiani está num nível de acabamento muito, mas muito superior ao do próprio Breguet. Vejam

http://watchesbysjx.com/2017/11/hands-on-with-a-breguet-masterpiece-made-by-michel-parmigiani.html

Online fbmj

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 541
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #61 Online: 08 Novembro 2017 às 10:24:34 »
Quando o relógio vem com uma lupa você sabe que o negócio é bem feito...