Autor Tópico: Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos  (Lida 8650 vezes)

Offline paulo abib

  • Membro hiperativo
  • ***
  • Mensagens: 248
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #40 Online: 31 Julho 2015 às 20:12:23 »
Relógio mais lindo que eu ja vi na minha vida com o trabalho mais espetacular..!!


Offline gabriel

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 554
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #41 Online: 31 Julho 2015 às 21:24:34 »

Gostei do trabalho e da música, do relógio nem tanto


Abs gabo  ;)

Offline Il capo

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 265
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #42 Online: 01 Agosto 2015 às 18:46:27 »
Parabéns Flávio,
Esse tópico é uma aula de anatomia, uma verdadeira dissecação.
Showzaço!!

Il Capo
"Resisto a tudo, menos às tentações."

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #43 Online: 25 Janeiro 2016 às 15:23:42 »
Mais uma vez desenterrei o tópico em virtude de duas fotos macro que vi hoje no The Purists. O Movimento em macro é o Lemania do Speedy, na sua melhor versão, aquela usada para os displays back. Volto a repetir o que já disse acima, esse relógio, pelo padrão de acabamento que possui, é uma barganha. Vejam só os detalhes do acabamento, expostos agora nessas duas fotos. Todas as platinas, alavancas, freios, etc, são chanfrados. Ok, não foram feitos de forma manual, pois "arredondado" demais e sem vincos nas transições, mas qual fábrica faz isso hoje, ainda mais nessa faixa de preço? Todos os parafusos, ainda, são muito bem polidos e chanfrados e este acabamento " a favor do grão" nas partes em aço (a platina recebe listras de genebra), bem bacana. Os dentes das engrenagens são bem feitos e, conquanto todas apresentem acabamento quase nulo, ao não ser um eventual polimento no entorno do centro do raio (próximo aos eixos), muito interessantes. Sério, isso era o padrão no passado, mas hoje? Nem em sonho tenho visto relógios nessa faixa de preço com esse acabamento. Isso confirma que a Lemania, mesmo nos seus movimento mais "básicos", tem um padrão bem alto, assim como a Frederic Piguet.

Vejam:

http://www.watchprosite.com/?page=wf.forumpost&fi=17&ti=1033428&pi=7368848

Offline shun

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.404
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #44 Online: 25 Janeiro 2016 às 16:27:18 »
Bons tópicos nunca são desenterrados, Flávio! São resgatados!!!


Lembra da minha capa do facebook? Do lemania preto. Aquele sim tem acabamento primoroso!!! 8)

Offline michelim

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.625
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #45 Online: 25 Janeiro 2016 às 16:41:13 »
Flavião, eu lembro deste post que aparece o acabamento do El Primero:
http://www.ablogtowatch.com/zenith-el-primero-original-1969-watch-review/

é outro relógio desta faixa de preço que acho que entrega muito pelo que custa (ou custava lá na época do dólar a 2 real) pena que não aproveitei.....


“The Quality Remains Long After the Price is Forgotten.”

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #46 Online: 25 Janeiro 2016 às 16:54:06 »
Flavião, eu lembro deste post que aparece o acabamento do El Primero:
http://www.ablogtowatch.com/zenith-el-primero-original-1969-watch-review/

é outro relógio desta faixa de preço que acho que entrega muito pelo que custa (ou custava lá na época do dólar a 2 real) pena que não aproveitei.....


Bem, como tenho um, posso comentar. Disse a mesma coisa ao Fábio (Dicbetts) semana passada num encontro: há muitas partes chanfradas no movimento, que possui um acabamento bastante honesto, aliás, como todos da Zenith. Mas ainda acho que, "na lupa", o acabamento dos Lemania é melhor... Mas o El Primo de fato é bem acabado. Sabe o que gosto nesses cronos? Das alavancas em aço com acabamento lixado no sentido do grão e chanfradas nas bordas. Elas mudam de cor dependendo da incidência de luz.


Flávio

Offline Alberto Ferreira

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 12.233
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #47 Online: 25 Janeiro 2016 às 17:17:40 »
Boa tarde!

Muito bom mesmo, Flavio!
Sempre interessante e muito didático nós podermos acompanhar os seus comentários sobre os detalhes do acabamento enquanto acompanhando com as excelentes imagens ampliadas.
Valeu!

Mas eu tenho uma pergunta...
Na sua opinião, o que nós vemos aqui...



...este "desnível" existente na face superior, naquelas superfícies "usinadas".
É uma inerência do método de fabricação "não manual", ou haveria outra razão?

Abraços!
Alberto

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #48 Online: 25 Janeiro 2016 às 17:54:43 »
Alberto, na verdade esse desnível é impressão em virtude da proximidade. É que esse modelo usa listras de Genebra, o desnível é o corte entre uma linha e outra. Flávio

Offline Alberto Ferreira

  • Moderador Global
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 12.233
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #49 Online: 25 Janeiro 2016 às 18:28:24 »
Obrigado, Flavio!

"Há que ter olhos de ver..."  8)

Abraços!
Alberto

Offline GuilhermeAzeredo

  • Membro Sênior
  • ****
  • Mensagens: 348
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #50 Online: 25 Janeiro 2016 às 20:35:58 »
Realmente esse nível de acabamento em um relógio desse preço é algo fantástico! Por isso optei pelo speedy safirado... Pois um patek ainda está longe ;D

Abraços!

Offline Andrevms

  • Membro hiperativo
  • ***
  • Mensagens: 150
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #51 Online: 25 Janeiro 2016 às 23:11:51 »
Flávio,

Muito obrigado por ter "desenterrado" o tópico. Para mim, que sou novo no fórum, foi uma verdadeira aula sobre o acabamento de movimentos. O acabamento do movimento Lemania dos Speedmaster é realmente fantástico para a sua faixa de preço.

Abraços
Membro do RedBar Brazil

Offline Dicbetts

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.632
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #52 Online: 26 Janeiro 2016 às 11:42:43 »

Bem, como tenho um, posso comentar. Disse a mesma coisa ao Fábio (Dicbetts) semana passada num encontro: há muitas partes chanfradas no movimento, que possui um acabamento bastante honesto, aliás, como todos da Zenith. Mas ainda acho que, "na lupa", o acabamento dos Lemania é melhor... Mas o El Primo de fato é bem acabado. Sabe o que gosto nesses cronos? Das alavancas em aço com acabamento lixado no sentido do grão e chanfradas nas bordas. Elas mudam de cor dependendo da incidência de luz.


Flávio

Flavinho,

Os Speedy Pro são os relógios mais honestos que conheço. Por isso perfeitos.

Comparo-o aos Porsche 911: um projeto definitivo, que somente é aperfeiçoado, sem perder a alma.

É "O" crono, como já tivemos a chance de debater.

Dic
"Do mundo nada se leva, mas é formidável ter uma porção de coisas a que dizer adeus." (Millôr Fernandes)

Offline shun

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 2.404
    • Ver perfil
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #53 Online: 26 Janeiro 2016 às 12:17:39 »

Offline Carretera18

  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 1.062
    • Ver perfil
    • Diário da maionese
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #54 Online: 26 Janeiro 2016 às 12:22:13 »
Flavinho,

Os Speedy Pro são os relógios mais honestos que conheço. Por isso perfeitos.

Comparo-o aos Porsche 911: um projeto definitivo, que somente é aperfeiçoado, sem perder a alma.

É "O" crono, como já tivemos a chance de debater.

Dic

"Comparo-o aos Porsche 911: um projeto definitivo, que somente é aperfeiçoado, sem perder a alma."

Foi a melhor analogia com o Speedmaster que já ouvi até hoje.

E esta versão exposta é um espetáculo a parte.
Instagram:@carretera18
Flickr: marcoy

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #55 Online: 31 Maio 2016 às 14:51:52 »
Saiu um artigo hoje no Hodinkee abordando a origem das Listras de Genebra.

Como já havia ressaltado aqui, a decoração tinha função não apenas estética, coletar poeira nos movimentos. Mas a explicação para o surgimento da decoração, dada por Giulio Papi que, claro, deve ser levada em consideração, soa-me como lenda. Segundo ele, os gravadores de motivos nos movimentos entraram em greve e as empresas rapidamente desenvolveram uma decoração para substituir as pessoas, que pudesse ser feita mais ou menos industrialmente. Então, demitiram os gravadores.

Vejam

https://www.hodinkee.com/articles/the-possibly-apocryphal-story-of-who-invented-geneva-stripes-heard-at-audemars-piguet-renaud-and-papi

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #56 Online: 10 Novembro 2016 às 15:30:22 »
Desenterrando o tópico.

O Dufour é considerado o relojoeiro que faz os melhores acabamentos na indústria, e tudo de forma artesanal, às vezes sequer sem usar eletricidade, mas com máquinas antigas. Máquinas antigas que, é claro, poucas pessoas sabem utilizar no mundo. Já imaginaram se George Daniels não tivesse pegado o Roger Smith "para criar"? Tirando seus conhecimentos colocados na obra Watchmaking, o resto estaria perdido para sempre.

A Greubel Forsey, então, está filmando as técnicas de Dufour para a posteridade, já que o cabra tem certa idade e, se morresse hoje, tudo se perderia.

Nesse vídeo ele explica de forma sucinta a base de técnicas como chanfragem, polimento de bacias de parafusos, dos próprios parafusos e criação de furos na platina. Mesmo para quem não saca o inglês, vale a pena ver.


https://www.youtube.com/watch?v=sZqNrGDk3q8


Quando vejo isso, impressiona-me não o quanto Dufour cobra pelos seus relógios, que possuem lista de espera de anos, mas quanto várias empresas, ditas "manufaturas", cobram pelos seus modelos, após tudo ser chanfrado, polido e decorado em máquinas...


Flávio

Offline flavio

  • Administrador
  • Membro de honra
  • *****
  • Mensagens: 7.814
    • Ver perfil
    • Relógios Mecânicos
Re:Sobre o acabamento de movimentos de relógios. Algumas fotos
« Resposta #57 Online: 24 Fevereiro 2017 às 14:34:13 »
Desenterro o tópico mais uma vez por conta de uma foto que vi nesse artigo recente do SJX sobre o novo Patek Calendário Anual.

http://watchesbysjx.com/2017/02/up-close-with-the-patek-philippe-breguet-numeral-annual-calendar-ref-5396.html

Outro dia li uma entrevista com o Thierry Stern na qual ele disse que na Patek não há esse preciosismo de ser fazer tudo artesanalmente: se a máquina faz melhor do que o humano, usam as máquinas. Por quê não? Isso não só reduz custos como pode fazer acabamentos perfeitos, visualmente falando, muito embora às vezes se tornem "frios" demais, se me fiz entender. Por exemplo, eis a foto:



Notem que os chanfrados na platina parecem ter sido feitos a mão. Por quê? Porque são arredondados, o que fatalmente denota o uso de politriz giratória, igual a uma maquininha de dentista, para arredondar os cantos. Dá para ver claramente que a linha interna não é absolutamente uniforme, mas muito bem feita. Lima não foi usada, porque nas transições, ângulos internos, essas "arredondam". Se houvesse sido usada lima, os ângulos estariam bem pronunciados. Por outro lado, sou capaz de apostar que nos chanfros do contorno da massa oscilante alguma máquina computadorizada o fez: não são arredondados e estão certinhos demais.

Mas aí chego onde queria: prestem atenção na pearlage do centro da massa oscilante. Feita artesanalmente... E o artesão errou a mão, calculando mal o quanto deveria ter feito a interseção entre os círculos, de modo que o último ficou sem. Vejam. Ninguém notaria isso a olho nu, mas numa foto gigantesca como essa, dá até um certo desequilíbrio nos olhos.


Flávio