Exibir mensagens

Esta seção lhe permite ver todas as mensagens deste membro. Note que você só pode ver as mensagens das áreas às quais você tem acesso.


Tópicos - automatic

Páginas: [1] 2 3 4
1
Acabaram prendendo a quadrilha daqui de Curitiba vejam os relógios dos caras, ao meu ver todos falsos, de mau gosto e de marcas fashion:





Reportagem Original
https://www.gazetadopovo.com.br/curitiba/piramide-financeira-policia-mira-grupo-que-prometia-lucro-de-ate-50-em-investimentos/

2
Fórum principal / Dia de acertar o horário dos relógios quartz !!!!
« Online: 17 Fevereiro 2019 às 11:12:41 »
Usem o link abaixo para facilitar !

http://pcdsh01.on.br/HoraLegalBrasileira.php

3
Fórum principal / Orologi del Quirinale
« Online: 02 Outubro 2018 às 00:08:26 »
Prezados,

Na minha viagem a Itália em julho passeando pelo Palacio Quirinale dei de cara com um prospecto de uma exposição temporária de relógios do palácio... Nem acreditei, até minha esposa ficou interessada. Fizemos o cadastro e agendamos a visita. Éramos os únicos para a vista de 1 hora de duração. O guia não falava inglês, português, espanhol ou alemão... caraca acabou comigo... Mas foi super atencioso, fui logo falando que era viciado em relógios. Aí ele chamou o responsável para dar mais atenção, mas mesmo assim em Italiano, mas deu para entender. Eram menos de 100 peças e são cuidadas por 2 relojoeiros oficiais permanentes no museu.
Quase tudo funcionando, impecável. Ganhei o dia !!!

Curtam as fotos, bem despretenciosas, não tive muito tempo e fiquei sem graça de ficar fotografando tudo na cara dura:

https://photos.app.goo.gl/cRiS9TFvyYpGE6eFA

4
Fórum principal / Qual a sua idade ?
« Online: 31 Agosto 2018 às 14:37:41 »
Aproveitando o gancho do tudo digitalizado, vamos ver esta estatística !!

5
Fórum principal / Qual a quantidade de relógios ideal para uma coleção ?
« Online: 30 Agosto 2016 às 09:25:02 »
Continuando a polêmica....

Eu no passado achava que 30 seria um número interessante.
Mas por quê 30 ?

Porque eu guardava 15 e usava os outros 15 durante 3 meses aí ia revezando a cada 3 meses.
Durante muito tempo achei isso o ideal, dava para ficar até com saudades de alguns modelos. E não mexia em hipótese alguma no que estava guardado.

Mas agora não está dando para curtir todos...
Estou chegando a conclusão que 15 seria o número mágico.

E vocês o que acham ??

6
Fórum principal / Vocês ainda colecionam relógios mecânicos ?
« Online: 26 Agosto 2016 às 14:23:46 »
Caros,

Estou meio de saco cheio...
Eu amo os relógios mecânicos, admiro a tecnologia, engenharia...

Mas as revisões ficaram caríssimas. Nem culpo os relojoeiros, o problema é escassez no mercado, aumento de custos...
Para colecionadores como eu que ficamos a cada 5-8 anos fazendo revisões ficou inviável...

Ninguém reforma mais mostrador no Brasil...
Não vale a pena ficar comprando vintages para reformar como antigamente, isso virou dor de cabeça...

Não estou achando relojoeiro aqui em Curitiba onde moro atualmente ...

Eu gosto de ter vários relógios, Seikos, Orient's  mas pensando bem é melhor reduzir a coleção e ficar com alguns Omegas...

Recentemente só tenho comprado Quartz, muito mais práticos, mais baratos.  E a durabilidade.... tenho Tissot quartz que está fazendo 20 anos...

E vocês como estão pensando a respeito ?
Sei que o Flavio já chutou o pau da barraca !

7
Fórum principal / Glycine Watches comprada pela Invicta !
« Online: 15 Agosto 2016 às 14:49:47 »
Uma bomba de notícia !!!!
Deu no ABTW:

http://www.ablogtowatch.com/invicta-acquires-glycine-watches/

Atualmente com as dificuldades da indústria em geral, não existem outras alternativas ...
Ou são vendidas ou morrem...
Mas onde fica a alma do negócio... simplesmente vira business...

8
Fórum principal / Relogios museu Kunst Historiches em Viena
« Online: 24 Março 2015 às 12:31:07 »
Caros,

Viena não é um local tão turístico mas este museu vale a pena pela qualidade das peças.
Fiquei impressionado com estes relógios do século XVII, alguns feitos em madeira. Além das horas alguns agregavam outras funções.

https://plus.google.com/photos/107797623781991768971/albums/6129822047709692433?authkey=CKXqpuKcudPP_AE



9
Fórum principal / Baselworld 19-26 Março 2015
« Online: 30 Janeiro 2015 às 17:32:11 »
Caros,

Vou confirmar minhas férias em cima da hora mas acho que vai dar para visitar a feira.
Alguém do forum vai este ano ?

http://www.baselworld.com/

10
Fórum principal / Durabilidade do acabamento Ion Plated
« Online: 17 Agosto 2014 às 22:49:07 »
Caros,

Ainda não tenho nenhum modelo com este acabamento, mas tenho algumas dúvidas quanto a durabildade.
Se arranhar ele fica prateado ? Ou seja se polir o aço vai ficar na cor natural prateada ?



11
Fórum principal / Piaget, uma jóia Suiça
« Online: 03 Julho 2014 às 08:44:41 »
Mais uma para incrementar nosso passeio no shopping:

http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/estilo/20140627/uma-joia-suica/167158.shtml


A grife Piaget quer seduzir o brasileiro com suas peças repletas de diamantes e pedras preciosas. A marca de alta relojoaria planeja a abertura de uma loja no Brasil ainda neste ano
27/06/2014
// Por: (Diretamente de Genebra, Suiça)
// Bruna Borelli


No Brasil: a primeira loja da marca será inaugurada em dezembro no shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo ( foto: Divulgação)
É verão em La Côte-aux-Fées, vilarejo a pouco mais de uma hora de Genebra, na Suíça francesa. Para chegar ao lugar, que abriga apenas 500 habitantes, é preciso dirigir por quase meia hora entre montanhas com curvas sinuosas. No cenário bucólico, muito verde, com pinheiros exuberantes e vacas pastando, além das casinhas típicas da região, com seus tons pastel e janelas verdes, vermelhas ou marrons, e telhas de barro. É nesse charmoso povoado que está instalada uma das duas fábricas da Piaget. Ao entrar na unidade, que mais lembra uma dessas residências de La Côte-aux-Fées e arredores, nota-se que todos os 120 funcionários usam jaleco branco e lupa.

Tudo para não atrapalhar a montagem dos relógios, uma vez que um mísero grão de poeira poderia comprometer o perfeito funcionamento das peças. Todo ano, a Piaget produz 25 mil joias e 25 mil relógios. Para atestar a qualidade de seus componentes, cada um dos funcionários passa por pelo menos cinco anos de treinamento até obter o aval do mestre relojoeiro e começar a construir os complexos mecanismos dos modelos Piaget, como o Altiplano 900P. Disponível no Brasil a partir de dezembro, por R$ 80 mil, o relógio é famoso por ser o mais fino do mundo, com uma caixa de apenas 3,65 mm de espessura.

Todos os mecanismos dos relógios são montados à mão na charmosa unidade de La Côte-aux-Fées e depois enviados para a fábrica de Genebra, responsável pela finalização das peças. Já na cidade grande, a Piaget exibe sua faceta tecnológica, abrigando 60 máquinas de última geração, que chegam a valer até US$ 1 milhão cada uma. São elas que fazem até as menores peças dos refinados relógios da grife. As joias, de entrada ou mesmo de alto luxo, também são produzidas nessa fábrica, repleta de artesãos, muitos deles filhos ou netos de ex-funcionários da Piaget.

No competitivo mercado dos relógios suíços, a Piaget, pertencente ao grupo Richemont, com uma receita anual de US$ 14,5 bilhões, se destaca por fazer relógios somente em ouro, seja ele branco, seja amarelo ou rosé. Isso quando não estão incrustados de diamantes e pedras preciosas. A estratégia parece bem diferente da da Cartier, que anunciou recentemente o seu primeiro modelo esportivo com pulseira de borracha. As duas fazem parte do mesmo conglomerado suíço, que detém também outras marcas de alta relojoaria como Montblanc e Van Cleef & Arpels.

“Não fazemos apenas relógios”, afirma o CEO da marca, Philippe Léopold-Metzger. “Fazemos joias-relógios.” Um exemplo disso é o Limelight Exceptional Piece - Horse Inspiration, feito de ouro branco e com diamantes (R$ 3,8 milhões). O executivo conta que, mais uma vez, diferentemente das outras marcas do setor, a Piaget não deverá produzir (pelo menos não em breve) qualquer outra peça que não relógios ou joias. "A nossa produção ainda é 80% feita por mãos humanas”, afirma ele. “E queremos que continue assim.” Já a estratégia para incrementar a receita da marca continua bem semelhante à das maiores marcas de luxo: investir nos países emergentes.

Tanto é que o país mais importante para a empresa atualmente é a China e ela se prepara para abrir uma loja no Brasil em novembro, no shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo. “Os brasileiros adoram gastar dinheiro e isso é ótimo para a gente, não é mesmo?”, diz o franco-americano, em tom amistoso. Para Gabriela Otto, professora do curso de educação executiva do mercado de luxo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), essa aproximação geográfica funciona como uma estratégia de marketing para que o relacionamento com o cliente seja estreitado.

“O mercado brasileiro de alto padrão está mais maduro”, diz ela. “Isso significa que não há espaço apenas para a Louis Vuitton ou a Dior, mas também para grifes menos óbvias, como a Piaget.” Isso se deve, segundo a especialista, ao fato de os brasileiros terem passado a viajar mais para o Exterior na última década. É também por isso que cada vez mais marcas como a Piaget têm dado adeus ao modelo de distribuição com multimarcas e investido no contato direto com seus clientes. “Não que todas as marcas que entraram no País desde 2010 tenham batido recordes absurdos, mas se aproximar do consumidor é essencial para as grifes de luxo atualmente.”

12
Fórum principal / Paixão por uma só marca. Qual a sua ?
« Online: 22 Junho 2014 às 18:13:57 »
Caros foristas,

Parei estes dias para fazer um balanço do coleção e reparei que tinha muito mais TISSOT do que outras marcas que gosto também como Seiko e Orient.

O que me levou a ter tantos exemplares desta marca ?
Principalmente o design que combina com meu estilo. Outo fator que pesou foi a relação custo benefício, mesmo sendo uma marca de entrada, o acabamento, durabilidade, mecanismo, beleza, design são acima das expectativas.

Gosto muito ver coleções nos foruns gringos, vamos ver se o pessoal se empolga.
Poste aqui sua coleção da marca preferida !

Automaticos:


Quartz:


13
A Cartier investe em coleções de relógios esportivos e luxuosos para aumentar suas vendas entre os homens endinheirados
13/06/2014

http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/estilo/20140613/tentacao-masculina/163259.shtml


Massoni, presidente da Cartier para as Américas: “A ideia é lançar cada vez mais novidades” ( foto: Thiago Bernardes/Frame)
Ao passar pela entrada da butique Cartier, no shopping Cidade Jardim, em São Paulo, com suas janelas emolduradas de mármore, e entrar no espaço de 280 m² repleto de requinte, com tons que variam do bege ao preto e um belíssimo lustre de cristal, o consumidor endinheirado se depara com colares, anéis, bolsas de couro e lenços, tudo que agrada às exigentes mulheres, aficionadas da grife. Mais alguns passos e lá estão os relógios, acessório que fez a fama da marca entre os brasileiros, já no início do século passado, ao projetar um modelo de pulso para ninguém menos do que Santos Dumont, o inventor do avião.

São eles também os responsáveis por quase metade do faturamento da marca, estimado em € 3,5 bilhões por ano, e a aposta para que a receita da empresa seja ainda mais relevante no mercado. “A estratégia agora é atingir o público masculino”, afirma Christophe Massoni, presidente das Américas da Cartier. “Para isso, a ideia é lançar cada vez mais novidades para os homens no segmento da relojoaria de alto padrão.” Segundo o executivo, a Cartier vende mais para mulheres porque a grife também é famosa por suas joias elaboradas com ouro, prata, diamantes e pedras preciosas.

Para encurtar a distância, porém, a ideia é lançar até o fim do ano diversos modelos esportivos para o público masculino. Na verdade, as novidades já começaram, como o lançamento do Calibre Diver, seu primeiro relógio para mergulho. O Calibre Diver está disponível em duas versões: ouro rosa, por R$ 85.000, e aço, por R$ 24.800, ambos dotados de pulseira de borracha, com espessura de 11 mm e resistência de até 300 metros de profundidade. Em setembro, também será lançada a versão com pulseira de aço, que ainda assim mantém o ar esportivo desejado pela companhia controlada pelo grupo Richemont, dono de outras marcas de alta relojoaria como Panerai, IWC e Van Cleef & Arpels.

“Queríamos um relógio que fosse esportivo e elegante ao mesmo tempo”, diz Massoni. “Dá para usar com terno, mas também com camiseta e bermuda.” Para Luciano Deos, presidente da consultoria de marcas Gad’Lippincott, a estratégia da Cartier faz sentido, uma vez que universo masculino está cada vez mais vaidoso. “Relógio não é mais funcional. Afinal, dá para ver as horas no celular”, afirma Deos. “Hoje, o acessório tem status de joia e os homens estão, sim, mais preocupados com a aparência e inseridos no mundo da moda.”

Para uma marca de luxo incrementar o faturamento, segundo o especialista, há três alternativas: ampliar o portfólio e o gênero do público alvo, como é o caso da Cartier, ou explorar uma outra categoria econômica. “É preferível esgotar todas as possibilidades antes de partir para a terceira, e mais arriscada, opção para uma marca de luxo”, diz. Com duas butiques no País, uma na capital paulista e outra no Village Mall, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e 24 pontos de venda para a comercialização de relógios em estabelecimentos multimarcas, a Cartier tem planos de abrir mais duas lojas nos próximos cinco anos.

“Mais uma em São Paulo e outra talvez em Brasília ou Curitiba”, diz Massoni. Potencial consumidor não falta, já que ainda a maior parte dos brasileiros que adquirem as jóias e relógios Cartier se abastece no Exterior (de acordo com Massoni, cerca de 70% das vendas são feitas lá fora). “Principalmente em Miami, Nova York e Paris”, diz o executivo, para quem é importante estar presente no País. “Faz parte da cultura local fazer compras fora do País, até por causa das taxas”, diz ele. “Mas é bom ter butiques no Brasil para ocasiões especiais, como aniversários ou casamentos.”

16
Fórum principal / Relojoeiro em Curitiba
« Online: 20 Março 2013 às 09:57:44 »
Caros,

Estive sumido uns tempos do forum pois mudei para Curitiba.
Agora estou a procura de um bom relojoeiro aqui na região, alguém indica ?

17
Fórum principal / GYROWINDER Watch Winder
« Online: 19 Novembro 2012 às 09:54:30 »
Achei uma solução belíssima e bem funcional:

http://www.youtube.com/watch?v=uMPhyaIbTL4

18
Fórum principal / Sugestão p/ Forum / Reviews
« Online: 10 Outubro 2012 às 08:47:17 »
Caros,

Apenas como sugestão, acho interessante se todos REVIEWS fosse colocados em um só lugar.
Por que não criar um child board e reunir todos ?

Reviews dão trabalho para serem elaborados e vão ficando esquecidos com a entrada de novas mensagens.

Obrigado !

19
Fórum principal / Omega F300 Hz solução ?
« Online: 19 Setembro 2012 às 09:59:27 »
Estava conversando com meu relojoeiro e acabei descobrindo que ele tem 4 Omegas F 300Hz que ficaram abandonados por clientes e outros ele comprou como sucata.
O problema é o famoso diapasão. Os relógios estão todos com mostrador 100%, precisam de apenas polimento para ficarem bonitos.

Pelo que andei pesquisando não tem como comprar diapasões novos, certo ?
Existem alguém no Brasil que faz este reparo ?

Se não conseguir nada vou dar vida aos relógios colocando uma máquina Miyota ou ETA quartz, sei que vai descaracterizar, mas vai dar para usar os relógios.

Se alguém tem outra sugestão, será bem vinda.
Ou se tiver algum interessado entre em contato.

Segue foto da net de um dos modelos:

Páginas: [1] 2 3 4